Notícias

ANS determina suspensão de reajustes de planos de saúde por 120 dias

Após a realização da 16ª Reunião Extraordinária de Diretoria Colegiada, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou, em agosto, a suspensão, por 120 dias, da aplicação de reajustes aos contratos de planos de saúde para todos os tipos de plano: individual/familiar e coletivos - por adesão e empresariais. A suspensão teve início em setembro e seguirá válida para o último reajuste anual e por mudança de faixa etária dos planos de assistência médico-hospitalar. 

Com isso, o Sindilojas Porto Alegre está suspendendo a cobrança do reajuste dos planos de saúde dos associados que possuem o convênio por meio da Entidade para os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro 2020. Essa cobrança virá com uma redução de valor, calculada com base no último reajuste estabelecido para o período vigente.

O Sindilojas Porto Alegre, com base na norma da ANS, ressalta ainda que a suspensão do reajuste não configura isenção de pagamento. A medida determina que essa diferença seja cobrada retroativamente, no próximo ano. Portanto, em 2021, as cobranças voltarão a ser feitas considerando os percentuais de reajuste anual e de mudança de faixa etária para todos os contratos de planos de saúde.

Para acessar a medida de suspensão de reajustes da ANS e todas as informações relacionadas ao assunto, clique aqui.