Notícias

Porto-alegrenses estão dispostos a gastar cerca de R$ 890 no comércio na Black Friday

A Black Friday, um dos momentos mais esperados para quem quer economizar nas compras, será este ano no dia 29 de novembro, e já tem consumidor decidido sobre o que vai querer comprar na data. De acordo com levantamento realizado pelo Núcleo de Pesquisa do Sindilojas Porto Alegre, a expectativa maior de quem pretende aproveitar a promoção é receber um bom desconto nos produtos, de pelo menos 38%. Eletrodomésticos, móveis, celulares, smart TV’s e eletrônicos em geral devem ser as categorias mais procuradas. O gasto médio deve ficar em torno dos R$ 890,00 por pessoa, sendo que 43,6% dos consumidores pretendem desembolsar mais que R$ 1.000,00 no total.

De acordo com o presidente da Entidade, Paulo Kruse, a exigência do consumidor aumentou para a Black Friday em função do que aconteceu nos últimos anos durante a promoção: algumas lojas colocaram seus produtos “pela metade do dobro do preço”. “Com isso, as pessoas aprenderam a pesquisar com antecedência, e estão certíssimas em fazer isso. E é também por esse motivo que muitas já sabem o que e quanto estão dispostas a gastar na data”, analisa.

Ainda segundo Kruse, a Black Friday deve ter um de seus melhores resultados no comércio este ano em função da antecipação do saque do FGTS e do pagamento da primeira parcela do 13º salário no mesmo período. “A decisão de antecipar o saque do FGTS, especialmente, deve ser muito benéfica para os lojistas, que apostam nas vendas de final de ano para recuperar a receita do período”, argumenta.

Uma informação importante para os lojistas da Capital se prepararem é que o movimento deve ser grande nas lojas de rua e shoppings: mais da metade dos consumidores, ou seja, 52%, pretende recorrer ao comércio físico durante a promoção. Os que devem comprar pela internet somam 48%. Quando perguntados sobre o que é melhor, se uma “Black Friday” ou uma “Black Week”, 68% responderam a segunda opção, que gostariam de ter uma semana inteira de ofertas.