Notícias

Porto-alegrenses pretendem gastar cerca de R$270 com presente de Dia dos Namorados

O Núcleo de Pesquisa do Sindilojas Porto Alegre realizou levantamento para saber a expectativa de compra dos consumidores para a próxima data que deverá movimentar as lojas: o Dia dos Namorados. Produtos tradicionais como roupas, perfumes, flores e calçados continuam liderando a lista de presentes mais requisitados. Outra opção apontada foi a de ganhar um jantar como agrado na data, assim como chocolate ou artigos esportivos. O ticket médio obtido pelo estudo foi de R$ 276, o que representa 36,7% a mais que o valor médio gasto com o presente no ano passado, de R$ 193.

Para o Dia dos Namorados, os porto-alegrenses seguem com a intenção de não acumular contas, assim como levantado pelo Núcleo de Pesquisa antes das duas últimas datas comemorativas – Páscoa e Dia das Mães. Desta vez, 68,8% dos entrevistados disseram que pretendem realizar as compras para o próximo 12 de junho à vista. Esse número corresponde à soma dos 53,2% que devem optar pelo dinheiro com os 15,6% quem devem usar cartão de débito. Cartão de crédito deve ser a forma de pagamento escolhida por 33,1% dos consumidores. As respostas utilizadas foram de escolha múltipla, já que 11,5% dos entrevistados pretendem comprar mais que um presente. O Sindicato também irá realizar pesquisa com consumidores após a data para verificar se essa intenção se confirmará.

A pesquisa apontou ainda que este ano as lojas de shopping devem receber o maior movimento, ao contrário de 2018, quando o comércio de rua apareceu na preferência. As compras pela internet seguem na terceira posição da lista de lugares preferidos para comprar, seguidas do comércio informal e dos revendedores de produtos.

Outra informação obtida foi em relação a quem deverá ganhar presente. Os (as) ficantes – ou “crushes” -, pessoas que ainda não atingiram o patamar de namorado (a), mas que também não são apenas amigo (a), subiram na intenção de receber presente na data. Eles (as) aparecem no terceiro lugar dessa lista, com 5,2% das intenções de receber presente, totalizando 2,5% a mais que no ano passado. Antes deles (as) vêm os (as) namorados (as) (28,6%) e as esposas/companheiros (64,3%). Amantes surgiram na lista este ano, com 0,6% das intenções.

O Dia dos Namorados deverá injetar em torno de R$115 milhões no comércio da Capital. No ano passado, o valor divulgado foi de R$ 80 milhões, uma variação de 37,5% considerando a inflação do período. Foram entrevistados 462 consumidores de Porto Alegre.

Para conferir a pesquisa completa, clique aqui.