11 dicas para vender mais no Natal

O Natal é uma das melhores épocas para o varejo pois os consumidores estão mais motivados a comprar e presentear amigos e entes queridos. Para que a sua loja aproveite o clima natalino e o aumento do fluxo de clientes, o Sindilojas Porto Alegre preparou 12 dicas para ajudar os lojistas a venderem mais nessa época:

O Natal é uma das melhores épocas para o varejo pois os consumidores estão mais motivados a comprar e presentear amigos e entes queridos. Para que a sua loja aproveite o clima natalino e o aumento do fluxo de clientes, o Sindilojas Porto Alegre preparou 12 dicas para ajudar os lojistas a venderem mais nessa época:

1 – Decoração e ambiente:

Não se esqueça de decorar o ambiente da loja. Não somente para entrar no clima natalino, mas para atrair clientes para as novidades que a loja está oferecendo no Natal. Até porque, quando você decora a sua loja de forma criativa, estará aguçando a curiosidade das pessoas.

2 – Embalagem:

Oferecer embalagens temáticas e bonitas é uma maneira de fisgar o cliente que não quer ter outro gasto além do presente. Se não tiver espaço na própria loja para fazer o embrulho, ofereça a embalagem para que ele monte o presente em casa.

3 – Formas de pagamento:

Condições de pagamento atrativas, como parcelamento sem juros e início do pagamento no ano seguinte podem influenciar na decisão do consumidor pelo seu produto.

4 – Crie promoções:

Crie combos de produtos adicionais e que agreguem valor ao cliente e lucratividade a sua empresa. Desenvolva mecanismos que funcionam como alavanca de vendas como, por exemplo, kits prontos e já embalados para presente. Brindes também são uma alternativa pois podem ser utilizados pelos clientes como "lembrancinhas" para presente. Da mesma forma, os vale-presentes – cartões com valores pré-estipulados para que o presenteado vá à loja para escolher o que quer – são uma alternativa para quem não sabe o gosto de quem receberá o presente. Para o lojista, aumenta as possibilidades de venda.

5 – Crie campanhas internas de vendas:

Estimule sua equipe a bater a meta. Faça promoções por linhas de produto, por faturamento e/ou lucratividade da empresa. Promova um prêmio para todos os colaboradores, assim, a equipe se mantêm unidas e focada em atingir os resultados.

6 – Ajude o cliente a comprar:

Atender mais de um cliente ao mesmo tempo pode tirar o foco do cliente principal e diminuir as vendas afetivas, além de causar desconforto e deixar algum de seus clientes com a sensação de que não foi bem atendido. Por isso, seja eficiente e solucione o problema do consumidor logo que ele entra na sua loja. Se ele busca um item do vestuário ou algo tecnológico, entenda tudo sobre o assunto e saiba indicar o melhor produto para a necessidade do consumidor.

7 – Estimule a compra de outros produtos:

Se o cliente já está na sua loja, por que não o ajudar a comprar outros produtos para dar de presente? Sempre pergunte ao cliente: “posso ajudar você a escolher outro presente?” ou "precisa comprar presentes para mais alguém?" e traga ao cliente itens que se encaixam com a pessoa a ser presenteada. Isso facilita a vida do consumidor, que poupa tempo e encontra na mesma loja mais de uma alternativa para dar de presente.

8 – Use as redes sociais para vender mais:

Usar as redes sociais é fundamental para avisar os clientes sobre as novidades da sua empresa e, principalmente, para reforçar que eles devem procurar você. Utilize as redes sociais para mostrar dicas sobre seu mercado, descontos e promoções especiais, condições de pagamento e produtos que se encaixam com a data. Além disso, mantenha o relacionamento com seus clientes mais antigos, convidando-os a conferir as novidades do seu estabelecimento.

9 –  Organize o estoque:

Muitos lojistas não fazem ideia do número de clientes que perdem pela demora no atendimento. No comércio, este tempo precioso é desperdiçado em um estoque mal organizado e com vendedores mal informados sobre como encontrar a mercadoria certa. Arrume pelas cores, tamanhos e marcas, por exemplo. Além disso, oriente os funcionários para agilizar o atendimento da loja. Se o vendedor ficar ocupado tentando entender a organização do estoque, pode perder o cliente que está esperando para ser atendido.

10 – Prepare a equipe:

O treinamento é importante e o lojista deve arranjar qualquer horário, pela manhã, à noite ou no fim de semana, para passar as instruções sobre os conceitos da loja, perfil de público e adequação de linguagem no atendimento.

11 – Amplie o horário de funcionamento:

Ter um horário alternativo para o cliente, principalmente nesta época do ano, é um facilitador e traz mais vendas para você. As lojas em shopping costumam seguir as orientações da administração. Se for na rua, veja o horário mais conveniente para o consumidor. Contudo, fique atento a carga horária de trabalho permitidapor lei aos seus funcionários.  

 

Fonte: Sindilojas Porto Alegre

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais