3 dicas para humanizar seu e-commerce e fidelizar seus clientes

No e-commerce, a prática deve ir muito além de fornecer um atendimento personalizado

 

Em um mundo cada vez mais tecnológico e conectado, a humanização de processos digitais é vista como diferencial, quando deveria ser um dos primeiros passos para o desenvolvimento sustentável de um negócio. No e-commerce, a prática deve ir muito além de fornecer um atendimento personalizado. De acordo com Philip Kotler, guru do marketing, “conquistar um novo cliente custa cinco vezes mais do que manter um antigo”. Buscar maneiras de fidelizar consumidores permite que o gestor consiga melhores resultados. Confira três dicas para alavancar seus negócios.

1. Descrição dos itens
O processo começa a partir do detalhamento dos produtos. Fornecer características completas, para proporcionar aos consumidores uma experiência agradável desde o primeiro momento na loja, é um passo importante, pois facilita o acesso à informação. Isso garante que as pessoas não precisem buscar por dados em outros sites, o que aumenta as chances de conversão. Ao se preocupar mais com os usuários e menos com o número de vendas, a chance de fidelizar o cliente é maior.

2. Multichannel e comunicação
Ferramentas de interação, como chat, tíquete de atendimento e central de call center são diferenciais no setor. No entanto, todos precisam ser alinhados e centralizados para que o consumidor perceba os benefícios reais. Ou seja, a linguagem deve ser a mesma para que o usuário tenha sua solicitação respondida em qualquer meio, sem perder a qualidade. Só assim o público consegue perceber a eficiência dos canais multichannel, enxergando excelência no serviço.

3. SAC 2.0
Com formato inovador, as opções de chat 2.0 são ainda mais evoluídas e tecnológicas, o que permite que o atendente veja, por exemplo, a tela do consumidor, de modo a identificar com maior facilidade quais são os problemas que ele enfrenta e de que forma solucioná-los de maneira mais simples e rápida. Entretanto, esse tipo de serviço deve ser muito bem explicado, identificando que o cliente, bem como suas informações, estão em segurança e que o atendente terá acesso apenas às telas referentes ao site de compras.
Em todos os formatos, a humanização do atendimento, que hoje é vista como diferencial, será cada vez mais tendência. Os estabelecimentos que se anteciparem e adotarem o modelo antes disso estarão melhor preparados para a mudança de perfil de consumidor que está em curso.

*Bruno Gianelli é sócio-diretor da Betalabs

Fonte: iTFórum365

Veja também

    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Feira Brasileira do Varejo (FBV) é lançada oficialmente em Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 19/02 A 23/02

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Tendências mundiais que impactam o varejo local

    Veja mais