4 desafios que sua franquia ainda vai enfrentar

De problemas com locomoção a impostos, especialista fala sobre os principais desafios das franquias

Você já parou para pensar quais são os desafios de uma rede de negócios no Brasil, um país de dimensões continentais com tamanhas diferenças culturais, de hábitos e de comportamento? Mesmo quando trazemos esse olhar para um microcenário, ainda assim, vemos que, por exemplo, em cidades vizinhas diversas variáveis podem influenciar os negócios de uma rede.

Pensando nisso, trago para reflexão quatro pontos que considero impactar de maneira significativa a gestão das redes de negócios e franquias no mercado brasileiro.

1. Logística e distribuição
Os serviços de infraestrutura no Brasil ainda precisam de muitas melhorias, que podem levar anos para acontecer. Nossa estrutura de logística ainda é baseada principalmente no transporte rodoviário, que sofre com a má administração das estradas.

Garantir que os produtos cheguem com qualidade e no prazo adequado às diferentes regiões do país exige das empresas medidas que as permitam se adequar aos percalços do transporte no Brasil.

Isso pode variar desde um melhor gerenciamento de seus processos e controles de estoque até a criação de diferentes centros de distribuição espalhados pelo país.

2. Sistema tributário
As regras fiscais e tributárias continuam desafiando a gestão das redes. Municípios e estados definem alíquotas e incentivos fiscais diferentes. Às vezes, um produto que teria condições de ter um preço competitivo pode encarecer consideravelmente para determinada região por conta do ICMS ou de outros impostos.

Esse é um tema que exige competências técnicas na hora de se pensar em estratégias de expansão e ocupação de mercado.

3. Diferenças culturais
Por mais que os brasileiros tenham facilidade de adaptação a novidades, a própria extensão territorial do país impõe às redes uma atenção adicional quanto à diferenciação de mix e aceitação de seus produtos e serviços.

Redes de alimentação, muitas vezes, acabam incorporando ao seu cardápio sabores locais para se enquadrar ao gosto e costume dos clientes. Marcas de vestuário podem ter que desenvolver coleções especiais que atendam às demandas locais. E o marketing da rede também deve ser pensado para que a mensagem atinja o público de cada região do Brasil e gere os resultados projetados.

4. Gestão dos talentos
Capacitar e reter talentos são outros pontos. A falta de mão-de-obra qualificada, muitas vezes, obriga as empresas a investir mais em capacitação. Quando pensamos em uma marca de abrangência nacional, esses custos podem aumentar. Isso tem levado muitas redes a investir em programas de ensino à distância.

Utilizar a tecnologia a favor dos negócios pode gerar economia, criar um canal constante para comunicação e relacionamento e, com isso, trazer melhores resultados.

Veja também

    NoticiasMarketing

    NRF 2024 vista por dentro

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Encerrada a etapa das 4 edições do Talks pré 11ª FBV

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas Porto Alegre recebe prêmio da Confederação Nacional do Comércio (CNC)

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Funcionamento do comércio no feriado de Tiradentes: saiba como será

    Veja mais