4 dicas para conquistar os clientes à deriva

Estar atento à concorrência é fundamental para qualquer empreendedor virtual. Conhecer bem as lojas que vendem, ou prestam os mesmos serviços, pode garantir um ótimo aprendizado, além de ser uma oportunidade para conquistar os clientes descontentes com a concorrência.
 

Estar atento à concorrência é fundamental para qualquer empreendedor virtual. Conhecer bem as lojas que vendem, ou prestam os mesmos serviços, pode garantir um ótimo aprendizado, além de ser uma oportunidade para conquistar os clientes descontentes com a concorrência.

Em um momento de crise é muito comum que os consumidores busquem opções com melhor custo-benefício. Estar preparado, vender um bom produto ou serviço, com preços atrativos, ao mesmo tempo em que se oferece um atendimento impecável, são as grandes sacadas em tempos de economia instável. Seguem algumas dicas para conquistar estes clientes à deriva:

1.Falar mal da concorrência não é boa ideia 
Falar das vantagens do seu produto sobre as outras opções do mercado é válido. Porém, falar mal do concorrente nunca é boa ideia. Para um cliente provavelmente insatisfeito, que analisa outras opções, isso pode soar traiçoeiro. Mostre valor no que você oferece, facilidades de pagamento, e apresente solução para aquilo que o cliente enfrenta como um problema.

Engrandeça o seu negócio, apresente benefícios exclusivos que só você pode oferecer, mostre quem também já comprou na sua loja e como a experiência de compra foi positiva. Seja claro e seguro ao apresentar esses pontos em suas campanhas, anúncios ou abordagens. Se você possui diferenciais, seus clientes precisam conhecê-los.

2.Entenda o motivo da insatisfação 
Se você comercializa um serviço na internet, é importante ouvir o cliente e o motivo de sua procura por outra opção, para oferecer o que ele precisa. É fundamental entender se a insatisfação se dá em razão do custo, qualidade, prazos, ou se o atendimento e suporte prestados pelo concorrente deixaram a desejar.

Haja focado em soluções. Isso guiará o seu trabalho e fará com que você aumente a fidelização. Se for possível bater o preço do concorrente ou oferecer um benefício que você normalmente não faria – mesmo com certo sacrifício do seu lado – faça isso. Lembre-se: ao trazer um cliente de outra empresa para a sua, você ganha duas vezes.

3. Explore a relação custo-benefício 
Se o momento é de crise, elevar o preço dos seus produtos e serviços pode ser perigoso. Mesmo que você tenha qualidade superior, ou diferencial em relação aos seus concorrentes, o aumento de preços deve ser considerado com muita cautela.

A maior parte dos consumidores busca pelo melhor custo-benefício. Procure manter os preços de seus produtos e serviços em uma linha razoavelmente possível para assegurar qualidade. Não há estratégia melhor que ‘preço justo x produto de qualidade’. Aliás, qualidade sofre menos com sazonalidade e é menos afetada em tempos de crise.

4. Te tornas responsável por quem cativas 
Investir em pós-venda e suporte é importante em qualquer situação. Mas quando você acaba de atrair novos clientes, isso se torna essencial. Passada a crise – e todas elas passam – ele estará fidelizado e satisfeito, desde que tenha todas as suas expectativas supridas. A falta de atenção pode instigá-lo a procurar outra opção e, quando isso acontece, quem ganha duas vezes é o seu concorrente.

Fonte: Ecommerce Brasil

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais