5 dicas para não se tornar um vendedor inconveniente

Lembre-se: resultados são consequências, e não causas. Em vendas, os fins não justificam os meios – não se você quiser ter sucesso sempre

Com bastante frequência, nós, clientes, encontramos pela frente vendedores inconvenientes ou até chatos. Quando isso acontece, a primeira coisa que nos perguntamos é: ele ou ela não se dá conta do que está fazendo?

Não. Quanto mais o profissional se envolve no processo de vender, menos ele percebe que incomoda seu cliente com uma abordagem inconveniente. Pior: nem imagina que o está afastando cada vez mais. Ser inconveniente é a forma mais rápida de perder o negócio e o cliente.

Quando se entra em um comportamento inconveniente, é difícil sair dele. A recomendação é evitar as armadilhas: vendedores são pressionados por suas empresas a vender cada vez mais, e a busca (ou mesmo desespero) de cumprir metas e entregar resultados são alguns dos gatilhos que os levam a serem inconvenientes.

Você pode evitar ser inconveniente se tiver atenção e evitar erros comuns que podemos cometer no dia a dia: 

1 — Nunca fale demais

Clientes não gostam de ladainhas sobre qualidades e potencialidades dos seus produtos ou serviços. Fale pouco, ouça mais, e estimule seu cliente a fazer perguntas. Ao responder perguntas, você passa a ser útil.

2 — Não adule o cliente

Clientes se aborrecem com excesso de intimidade. Não tente se tornar amigo do cliente. Mostre que está ali para ajudá-lo, caso precise. No mais, seja discreto.

3 — Evite exibicionismo

Não é para vender a si mesmo que você trabalha. O cliente não está interessado em você, mas nos produtos e serviços que você vende. Você não ganha nada em se exibir para o cliente – só a sua irritação. Use toda essa energia para ser responsivo às demandas de seu cliente e só.

4 — Desista quando necessário

Vender é um processo de conquista e convencimento, nunca de pressão. Quanto mais você pressionar um cliente, mais ele vai acreditar que você é capaz de qualquer coisa para fechar o negócio, e irá fugir de você.

5 — Mantenha o foco no cliente

Foco em resultados é importante, mas, se você se fixar neles, certamente irá atropelar o cliente. Clientes, obviamente, não querem ser atropelados. Detalhes, pessoas e estratégias para que se chegue a estes resultados não podem ser esquecidos, e isso passa necessariamente pelo seu cliente. Lembre-se dele sempre.

Vender é um delicado equilíbrio entre ciência e arte, no qual lidar com as informações, agir com sutileza e manter o foco na demanda do cliente são fundamentais para que se tenha sucesso e se entregue o resultado.

Lembre-se: resultados são consequências, e não causas. Em vendas, os fins não justificam os meios – não se você quiser ter sucesso sempre.

 

Fonte: Exame Abril

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais