5 inovações que seu cliente irá querer em 2016

Velocidade, experiência, facilidade: conheça os drivers de consumo para o próximo ano

Lilia Arroyo Flores, VP Senior da agência de publicidade Leo Burnett, e Tod Szewczyk, diretor de inovação da mesma empresa, elencaram cinco vetores de inovação que poderão fazer toda a diferença para seus negócios no próximo ano. São eles:

Tudo agora
As pessoas querem gratificação instantânea, especialmente em suas compras. Comparação de preços rápida e simples, ou obter descontos em produtos enquanto estão na fila do caixa. De preferência, por sinal, fazer o checkout sem precisar encarar uma fila. Quanto mais rápido, melhor.

Tudo é pessoal
Os consumidores compartilharam suas informações com as empresas, curtiram as marcas no Facebook e já experimentaram o poder do Big Data. Eles esperam experiências e ofertas personalizadas e opções do tipo “você também pode gostar de”. Oferecer tudo para todo mundo não funciona. Mais que isso, é preciso entregar ofertas que sejam relevantes. Mesmo que seja como a marca de chicletes Trident fez, oferecendo produtos grátis para quem caminhasse 10 mil passos enquanto usava um aplicativo fitness.

Poder para o povo
Os consumidores buscam a opinião de outros consumidores, que oferecem feedback autêntico e conselhos relevantes e isentos. Isso vale principalmente nas redes sociais, em que a influência de cada usuário pode ser medida e utilizada como moeda de troca na relação com marcas e produtos.

Pesquisas em tempo real
As pessoas estão diminuindo o tempo do processo de compra ao pesquisar produtos em qualquer lugar, em qualquer momento que desejam. Comprar deixa de ser um processo longo e chato e o uso de ferramentas de mídias sociais faz com que essa experiência ainda seja compartilhada com outras pessoas, que podem ajudar tanto no processo de pesquisa quanto na escolha de produtos e serviços.

Nem sempre com pressa
Para toda tendência existe uma contratendência, e às vezes as pessoas querem comprar devagar, aproveitando o tempo e a experiência oferecida. Assim, criar um ambiente encantador e interativo atrai os clientes para a magia da loja. E quando os consumidores passam mais tempo no PDV, eles compram mais.

 

Fonte: O Negócio do Varejo

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais