71% dos lojistas da Capital acreditam que pode haver novas restrições em razão da pandemia

Pesquisa do Sindilojas Porto Alegre identificou que 69% dos empresários do setor ainda não conseguiram recuperar os resultados decorrentes deste ano.

O Núcleo de Pesquisa do Sindilojas Porto Alegre realizou nova sondagem com os lojistas para entender sobre os impactos que novas medidas adotadas pelo governo estadual e municipal trariam para os seus negócios e como estão os resultados até aqui. A grande maioria (71%) suspeita que podem ocorrer novas restrições nas atividades do setor. Para 97,2% deles, essas medidas devem ser parciais, ou seja, quase todos acreditam que não haverá um lockdown. Ainda assim, caso haja novas restrições, a queda no faturamento deve ser um problema praticamente unânime, enfrentado por 99% dos comerciantes, seguida de demissões (33%) e atraso nas contas da empresa (29%). Também aparecem na lista de impactos possíveis a desistência de contratar temporários (19%), o atraso no pagamento da folha dos funcionários (15%), atraso/negociação do aluguel (15%), entre outros impasses.

Confira, no infográfico abaixo, o resultado completo do levantamento:






Veja também

    Noticias

    Cultura organizacional é foco do debate no Varejo Movimento

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas POA participa da abertura de Feira da Acomac

    Veja mais
    Noticias

    Comércio Solidário: Sindilojas Poa é parceiro da Fecomércio-RS

    Veja mais
    Noticias

    O público 60+ consome e precisa ser melhor atendido

    Veja mais