A diversificação do status é a primeira Mega Tendência da série produzida pelo Núcleo de Pesquisa do Sindilojas Porto Alegre

Veja a seguir a explicação completa sobre a tendência e confira como é possível aplicá-la em seu negócio:  

A  diversificação do status é a primeira Mega Tendência da série produzida pelo Núcleo de Pesquisa do Sindilojas Porto Alegre, a partir da plataforma de tendências Trendwatching. Veja a seguir a explicação completa sobre a tendência e confira como é possível aplicá-la em seu negócio:  

O desejo de reconhecimento é uma necessidade humana. O status é uma busca constante dos indivíduos, através dele as pessoas constroem sua identidade e se conectam a grupos de interesse.Há pouco tempo, o status estava fortemente vinculado ao acúmulo de bens ou ao consumo de marcas extremamente caras, portanto, a forma predominante de status estava ligada somente ao poder aquisitivo.

No entanto, ícones tradicionais de status como a compra de carros, casa e artigos de grife estão perdendo a sua importância e as pessoas estão procurando outras fontes de status. Ou seja, ele está migrando do "ter" para o "ser'. O ser é celebrado através da experiência com foco no desenvolvimento pessoal e coletivo. Cada vez mais os bens e os produtos que são consumidos devem simbolizar o upgrades das pessoas, nas múltiplas dimensões do ser, sejam elas: física, mental, cognitiva, social, ética, entre outras. 

No final do ano passado, por exemplo, a Addidas produziu 7.000 pares de tênis feitos com lixo plástico do oceano e o produto teve lista de espera para a compra.  Na mesma época, participantes de maratona monitorados pelo wearable da Strava que superassem seu tempo na segunda volta da corrida tinham a chance de ganhar pares de tênis da New Balance. Em ambos os casos, o produto transcendeu sua materialidade e utilidade, simbolizando engajamento em questões ambientais e auto superação.

Agora as marcas precisam impactar positivamente a vida das pessoas e da sociedade. Seja como facilitadora da superação pessoal, seja desafiando as habilidades dos seus seguidores, ou ainda ajudando as pessoas a fazerem do mundo um lugar melhor. Os consumidores – "ou melhor as pessoas, porque não querem mais apenas consumir" – reconhecerão iniciativas genuínas das marcas, compartilhando na sua rede as conquistas alcançadas com o auxílio delas. Por outro lado, iniciativas oportunistas, que não condizem com o discurso e atitudes da marca serão vastas e duramente criticadas. 

Confira na próxima quinta-feira, dia 02 de março, a próxima tendência que será divulgada pelo Núcleo de Pesquisa do Sindilojas Porto Alegre e acompanhe a série!

Fonte: trendwatching.com/premium

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais