Ampliação de aeroporto será analisada no dia 24

Licitação do Salgado Filho deve sair ainda neste primeiro semestre

O mês de fevereiro será decisivo para a expansão da pista do aeroporto de Porto Alegre. O Conselho de Administração da Infraero irá…

Licitação do Salgado Filho deve sair ainda neste primeiro semestre

O mês de fevereiro será decisivo para a expansão da pista do aeroporto de Porto Alegre. O Conselho de Administração da Infraero irá se reunir no próximo dia 24 para avaliar a viabilidade da obra de ampliação. A assessoria de imprensa da companhia pública ressalta que o exame do tema não pressupõe sua aprovação, mas o prefeito da Capital, José Fortunati, está otimista que a iniciativa será aceita e que, em breve, o processo licitatório será desenvolvido.

O dirigente esteve ontem em Brasília onde teve reunião com o presidente da Infraero, Antonio Gustavo Matos do Vale. O prefeito classificou como excelente o encontro e acrescentou que foi repassado que não estava dentro dos planos da empresa a interrupção do projeto de estender a pista do Salgado Filho. A assessoria da Infraero informa que, além da aprovação pelo Conselho de Administração para ampliar a pista, para iniciar o processo de licitação será preciso obter recursos orçamentários, via PAC 3 — ainda não aprovados. Será necessária ainda a retirada de obstáculos hoje existentes naquela que será a nova cabeceira da pista. Caso seja realizada, a obra será licitada via Regime Diferenciado de Contratações (RDC). Nessa modalidade, o preço é oculto (exceto aos órgãos de controle) até o final do processo licitatório.

Entre os empecilhos que devem ser resolvidos, estão uma caixa d’água, que fica localizada em cima de um hotel próximo ao aeroporto, e um telhado que está a uma altura que atrapalharia os pousos e as decolagens. Fortunati adianta que a prefeitura também terá que acelerar a retirada de algumas famílias que se encontram na Vila Nazaré, para a criação de uma área de escape.

O prefeito prevê que a licitação possa “estar na rua” neste primeiro semestre e ser terminada na segunda metade do ano. A partir do início dos trabalhos, a perspectiva é de que sejam necessários quatro anos para as obras serem finalizadas. Segundo o dirigente, o investimento estimado, somente na expansão, sem contar as iniciativas paralelas, é algo entre R$ 400 milhões e R$ 500 milhões. Com isso, a pista aumentará em 920 metros, alcançando uma extensão de 3,2 mil metros. Fortunati recorda que, com exceção da ampliação da estrutura, as outras obras que contemplam o incremento de capacidade do aeroporto estão em andamento. Esse é o caso do aumento do terminal de passageiros e a construção de um novo complexo de cargas.

Para o dirigente, as melhorias no Salgado Filho não inviabilizam a implantação de outro aeroporto nos arredores da Capital, como é o caso do projeto 20 de Setembro, no município de Portão. Fortunati acredita que os empreendimentos podem ser complementares. De acordo com o prefeito, o tópico de uma eventual privatização do aeroporto gaúcho não foi discutido na conversa com o presidente da Infraero. Além de Fortunati, participaram do encontro o coordenador da bancada gaúcha na Câmara Federal, deputado Giovani Cherini (PDT) e outros deputados federais gaúchos.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais