Aneel aprova reajuste de 22,41% na tarifa residencial da CEEE

Para baixa e alta tensão, alta será de 22,39% e 25,60%, respectivamente.
Novas tarifas entram em vigor após publicação no Diário Oficial da União.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta sexta-feira (5) reajuste de 22,41% na tarifa da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) para os consumidores residenciais.

O índice é menor do que os 28,28% recomendados pela área técnica da agência em outubro. A aplicação, porém, foi aplicada só agora em razão da inadimplência da distribuidora com o pagamento de encargos do setor. A companhia havia solicitado reajuste de 34,99%.

Para os clientes de baixa tensão (comércios, rural e iluminação pública), o reajuste será de 22,39%. Já para a alta tensão (indústrias), o aumento será de 25,60%. O reajuste médio entre todas as classes ficou em 23,51%.

Segundo a Aneel, entre os fatores que colaboraram para o reajuste da tarifa da concessionária estão os custos que a empresa teve com compra de energia, transmissão de energia e pagamento de encargos setoriais.

As novas tarifas passam a vigorar assim que a homologação for publicada no Diário Oficial da União (DOU). A CEEE-D atende 1,6 milhão de unidades consumidoras em 72 municípios do Rio Grande do Sul.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais