ANS determina suspensão de reajustes de planos de saúde por 120 dias

Com a medida, valores referentes aos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro de 2020 serão cobrados em 2021.

Após a realização da 16ª Reunião Extraordinária de Diretoria Colegiada, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou, em agosto, a suspensão, por 120 dias, da aplicação de reajustes aos contratos de planos de saúde para todos os tipos de plano: individual/familiar e coletivos – por adesão e empresariais. A suspensão teve início em setembro e seguirá válida para o último reajuste anual e por mudança de faixa etária dos planos de assistência médico-hospitalar. 

Com isso, o Sindilojas Porto Alegre está suspendendo a cobrança do reajuste dos planos de saúde dos associados que possuem o convênio por meio da Entidade para os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro 2020. Essa cobrança virá com uma redução de valor, calculada com base no último reajuste estabelecido para o período vigente.

O Sindilojas Porto Alegre, com base na norma da ANS, ressalta ainda que a suspensão do reajuste não configura isenção de pagamento. A medida determina que essa diferença seja cobrada retroativamente, no próximo ano. Portanto, em 2021, as cobranças voltarão a ser feitas considerando os percentuais de reajuste anual e de mudança de faixa etária para todos os contratos de planos de saúde.

Para acessar a medida de suspensão de reajustes da ANS e todas as informações relacionadas ao assunto, clique aqui.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais