As empresas de micro e pequeno porte correspondem a 20% no aumento do faturamento do varejo online brasileiro

Segundo levantamento da Braspag, uma empresa de autorização de pagamentos para comércio eletrônico, o faturamento do varejo online brasileiro em 2012 foi ao menos 46% superior a 2011, tendo em vista que…

Segundo levantamento da Braspag, uma empresa de autorização de pagamentos para comércio eletrônico, o faturamento do varejo online brasileiro em 2012 foi ao menos 46% superior a 2011, tendo em vista que ainda não foram consideradas as movimentações de compras para o Natal. Dentre as empresas de comércio eletrônico responsáveis por esse número, 20% são de micro e pequeno porte.

Segundo a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, o faturamento das lojas virtuais neste ano deve passar de R$ 22 bilhões. Mesmo quando levado em conta o aumento de 34,7% do número de consumidores, que passou de 31,9 milhões registrados em 2011 para 43 milhões em 2012, o aumento do faturamento ainda surpreende ao ultrapassar as expectativas do início do ano, que eram de 25%. “No Brasil, 2% das compras do varejo são feitas pela internet, ante a média de 5% nos Estados Unidos. A projeção é de que, em cinco anos, o porcentual do Brasil chegue a 4%”, afirma Gastão Mattos, presidente da Braspag

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais