Assembleia Legislativa aprova aumento de 11,6% no piso

Aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa gaúcha, o aumento do piso regional ficou em 11,6%, como havia proposto o governo. Com a medida, votada nessa terça-feira (5) e criticada por diversas…

Aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa gaúcha, o aumento do piso regional ficou em 11,6%, como havia proposto o governo. Com a medida, votada nessa terça-feira (5) e criticada por diversas entidades empresariais, as faixas salariais no Estado ficam entre R$ 610 e R$ 663,40. Pela decisão, que contou com 44 votos a favor e nenhum contra, as faixas ficam em R$ 610, R$ 624,05, R$ 638,20 e R$ 663,40, contra os anteriores R$ 546,57 (faixa I), R$ 559,16 (faixa II), R$ 571,75 (faixa III) e R$ 594,42 (faixa IV). Para Zildo De Marchi, presidente do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac, os valores estão acima dos aumentos praticados pelo mercado. “Com certeza haverá reflexos negativos na economia e o Rio Grande do Sul perderá competitividade frente a outros estados”, lamenta. Em fevereiro, representantes da Fecomércio-RS, Fiergs, FCDL e Federasul apresentaram ao governador Tarso Genro sugestões de um reajuste em conformidade com os aumentos definidos por meio dos dissídios coletivos (base no INPC acrescido de pouco mais de 1% ao ano). Eles argumentaram que o valor das novas faixas reduziriam o crescimento econômico e estimulariam a informalidade. O índice aprovado pelos deputados gaúchos gera o maior ganho real desde 2001, quando foi instituído o piso. O cálculo foi baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) dos últimos dez meses (4,3%) mais um aumento real de 7,91%.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais