Banco terá de trocar na hora cédula danificada

BC recua e muda determinação para casos de saque em caixa eletrônico

O Banco Central (BC) decidiu ontem que as instituições financeiras terão de trocar imediatamente cédulas suspeitas de terem sido danificadas por dispositivos antifurto (manchadas de tinta rosa) sacadas em agência bancária. Não será necessário ter à mão extrato ou boletim de ocorrência, determinação dada na semana passada.

“Esse procedimento deverá ocorrer imediatamente após a apresentação da cédula à instituição financeira”, diz o BC, em comunicado divulgado ontem. A nova circular do Banco Central aponta que a despesa da substituição ficará a cargo da instituição financeira. A cédula danificada deverá ser encaminhada para análise e “saneamento” no BC, que vai cobrar os custos do serviço aos bancos.

A determinação do BC ocorre depois de diversos bancos terem decidido utilizar tinta, pó ou solvente em caixas eletrônicos como forma de inibir a onda de ataques a agências bancárias registrada principalmente no Nordeste, Sudeste e Sul do país desde o início do ano.

Há risco de arcar com prejuízo no comércio

Mas o consumidor deve ficar alerta. Se receber uma nota manchada pelo sistema antifurto no comércio e não se der conta na hora, não terá de ser ressarcido pelo banco (confira quadro ao lado). Por isso, o BC orienta a não aceitar essas cédulas no varejo. De acordo com o Banco Central, há 75 mil notas de R$ 20 e R$ 50 manchadas pelo dispositivo em circulação pelo país. O montante representa 0,003% da moeda nacional. Na semana passada, o diretor de Administração do BC, Altemir Lopes, disse que, se os correntistas sacassem notas manchadas nos caixas eletrônicos, teriam de tirar extrato para comprovar a operação, fazer um boletim de ocorrência na polícia e, somente daí, apresentar as cédulas aos bancos. O procedimento foi criticado pelos entidades de defesa do consumidor. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomércio-SP) divulgou comunicado no início do mês orientando os empresários a terem cautela para, além de não aceitar notas falsificadas, não receber cédulas que são objeto de prática criminosa. E, caso seja possível, as entidades sugerem aos empresários que, diante de tentativa de pagamento com tais cédulas, contatem a polícia.

O que fazer

EXEMPLO DE NOTA MANCHADA

Como proceder se você estiver com notas manchadas:

A recomendação do Banco Central é que você não aceite cédulas que estejam em circulação no comércio com manchas de tinta rosa. Caso tenha percebido a marca apenas após o recebimento, você deverá ir a qualquer agência bancária, entregar a nota para ser analisada e deixar seus dados pessoais que a gerência entrará em contato. Se ficar comprovada que a mancha é do dispositivo antifurto, o valor não será ressarcido. Caso contrário, você terá seu dinheiro de volta. Não há prazo determinado para a conclusão dessa análise. Já para as notas com marcas retiradas nos terminais eletrônicos, basta você ir à agência e solicitar a troca imediata. Os bancos têm os registros dos saques efetuados.

Onde troco a nota manchada de tinta rosa?
Direto nas agências bancárias.

Há possibilidade de retirar uma nota manchada diretamente do caixa eletrônico? O que eu faço?
Sim, embora seja remota. Você deve entregar a nota na agência bancária e solicitar o ressarcimento imediato.

Posso trocar a nota com qualquer tipo de mancha?
Não. Apenas as cédulas com manchas rosas.

Sou aposentado ou beneficiário do bolsa-família e não tenho conta em banco. Como agir?
Procure qualquer agência do banco onde sacou o dinheiro para fazer a troca. A agência é obrigada a trocar o dinheiro manchado imediatamente.

Efetuei saque de nota manchada nos terminais 24 horas. Vou a qual agência?
Vá a qualquer agência do seu banco para efetuar a troca.

Preciso apresentar algum documento no banco junto com a nota manchada?
Se você recebeu no comércio, sim: CPF (CNPF, se for pessoa jurídica), nome e endereço. Caso a nota seja de um terminal eletrônico, você apenas deve ir à agência e solicitar a substituição imediata da cédula manchada. Os bancos têm os registros de saques efetuados, inclusive nos caixas eletrônicos.

Veja também

    Noticias

    Sindilojas POA e CDL POA promovem ação para limpeza do Centro Histórico da Capital

    Veja mais
    Noticias

    Cartilha Estado de Calamidade: seguros disponíveis e auxílio reconstrução

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Feira Brasileira do Varejo anuncia nova data para 2025

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas Porto Alegre assina carta buscando alternativas para acesso à capital

    Veja mais