Black Friday: Sindilojas da Capital estima 8% de alta nas vendas em relação a 2015

Lojas terão horário de atendimento estendido na próxima sexta-feira

Na próxima sexta-feira, dia 25 de novembro, ocorrerá a edição de 2016 da Black Friday, grande evento de descontos promovido pelo varejo em sites e lojas físicas com reduções de preços prometidas que podem chegar a 80% do valor original do produto. Conforme o Sindilojas Porto Alegre, as lojas terão horário de atendimento estendido até a meia noite, na sexta-feira, por conta desse evento. O Procon da Capital também estará atento e orientando os consumidores sobre os cuidados ao realizar as compras.

O presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruze, acredita que a data esteja em crescimento ano após ano e estima um aumento de 8% nas vendas em relação ao ano passado. Em 2015, conforme o sindicato, o tícket médio foi de R$ 570,00, impulsionado pelos artigos de telefonia, produtos mais procurados.

“A cada ano que vem acontecendo o Black Friday, o comerciante vai entendendo que é uma data importante do comércio. E estão agindo com mais seriedade, o próprio Procon está fiscalizando as lojas para que não haja aumento enganando o consumidor. Nós acreditamos que vai ter um bom movimento nessa data. Inclusive o horário do comércio será estendido até meia noite por um acordo do Sindilojas com o sindicato dos empregados. Então nós acreditamos que teremos um crescimento de 8% em relação as vendas do ano passado, justamente por ser uma data em crescimento”, avalia o presidente.

Nas edições anteriores da promoção, o Procon Porto Alegre registrou mais de 100 reclamações sobre a Black Friday, sendo a maioria vinculada à alegada maquiagem de preço final de venda. Para o consumidor, o órgão municipal alerta para que se realize com antecedência uma pesquisa de preços das mercadorias que se pretende adquirir pela Internet para que a compra seja efetuada com segurança. A finalidade é verificar se os descontos oferecidos na promoção correspondem de fato à redução de valores dos produtos na loja. O consumidor também deve se certificar antes das compras se os sites são de boa procedência, podendo acessar no site do Procon a lista de sites não seguros como um indicativo de segurança para realização de suas compras.

O Procon Porto Alegre atende o público na rua dos Andradas, 686, das 10h às 16h, no site www.portoalegre.rs.gov.br ou pelo aplicativo gratuito para celulares Procon App. Informações podem ser obtidas no telefone 3289-1774.

Fonte: Rádio Guaíba

Veja também

    Noticias

    Matrículas para selecionados no Capacita + POA tem o prazo prorrogado

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais