Brasil comercializou 100 mil tablets em 2010

Pelo menos é o que aponta um levantamento feito pelo IDC no segmento de tabletes. Segundo a consultoria, somente no ano passado os brasileiros compraram 100 mil unidades do produto – incluindo as vendas…

Pelo menos é o que aponta um levantamento feito pelo IDC no segmento de tabletes. Segundo a consultoria, somente no ano passado os brasileiros compraram 100 mil unidades do produto – incluindo as vendas oficiais e o “mercado cinza”, composto por consumidores que trouxeram ou encomendaram ilegalmente o aparelho do exterior. Para o coordenador de pesquisas do IDC, Luciano Crippa, o preço dos tabletes no Brasil foi fundamental para a adesão dos usuários, em especial os aficionados por tecnologia, que tornaram o resultado ainda mais positivo. Outro fator que pode alavancar a comercialização em 2011 é a inserção do produto como ferramenta de ensino em escolas e faculdades. A previsão para este ano é que as vendas cheguem, ou até ultrapassem a casa dos 300 mil, principalmente no segundo semestre, quando os esperados lançamentos já estarão disponíveis nas lojas. – A categoria veio para ficar. O usuário se identificou e se adaptou bem ao aparelho – declara o coordenador. De acordo com os estudos, o número só não foi maior pela falta de familiaridade, e mais, pela expectativa do lançamento de novos modelos.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais
    Noticias

    Matrículas para selecionados no Capacita + POA tem o prazo prorrogado

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais