Brasileiro é bom pagador

O aumento do consumo no Brasil não implicou incremento da inadimplência, pelo contrário, o índice divulgado ontem pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço Nacional de…

O aumento do consumo no Brasil não implicou incremento da inadimplência, pelo contrário, o índice divulgado ontem pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço Nacional de Proteção ao Crédito (SPC) apresentou queda de 1,62% em setembro em relação a agosto. A redução de registros está associada à ampliação do mercado de trabalho, ao aumento real da renda do trabalhador de 1,4% no mês e à injeção de novos recursos na economia, proporcionados pela restituição do imposto de renda, que beneficiou cerca de 1,1 milhão de trabalhadores, segundo informou o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior.

“O mercado de trabalho segue cada vez mais dinâmico, com a criação de 299 mil empregos formais, cerca de 50 mil a mais do que o registrado no mesmo mês do ano anterior, além das contratações temporárias”, salientou o dirigente. Mas, se comparado ao mesmo período de 2009, houve variação positiva do índice de inadimplência, de 1,77%. Para tentar recuperar o cliente com dívida e deixá-lo novamente em condições de consumo, a Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas do RS (FCDL) lançará na primeira quinzena de novembro a campanha “Eu quero meu cliente de volta”. A ação consiste na possibilidade de reparcelamento dos débitos pelo consumidor em até 12 vezes, sem juro, com 30% de entrada, explicou o presidente da FCDL, Vitor Koch. A adesão dos lojistas na campanha é livre e a entidade deverá detalhá-la em breve.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais