Brasileiros devem gastar, em média, de R$ 51 a R$ 100 neste Natal

SÃO PAULO – A maioria dos brasileiros deve gastar, em média, de R$ 51 a R$ 100 com as compras neste Natal. Essa é a expectativa dos varejistas, segundo a Pesquisa Serasa de Expectativa Empresarial para o…

SÃO PAULO – A maioria dos brasileiros deve gastar, em média, de R$ 51 a R$ 100 com as compras neste Natal. Essa é a expectativa dos varejistas, segundo a Pesquisa Serasa de Expectativa Empresarial para o Natal, divulgada nesta quarta-feira (8). Dentre os 1.001 empresários entrevistados, 34% esperam que essa seja a média de valores gastos pelos consumidores na época. Presentes de até R$ 50 são esperados por 33% dos entrevistados. As médias de gastos acima de R$ 100 foram as menores. Parcela de 18% dos empresários acredita em um bom volume de compras entre R$ 101 a R$ 200. As médias de R$ 201 a R$ 300 e de R$ 301 a R$ 500 foram citadas por 8% e 4% dos varejistas, respectivamente. Apenas 3% estimam gastos médios acima de R$ 500.

Porte e região

Segundo a análise por porte, as pequenas empresas têm 68% dos empresários acreditando em presentes de até R$ 100 e 32% acima deste valor. Entre os representantes das grandes empresas, 58% esperam gastos médios de até R$ 100 e 42% acima deste valor. Já no médio varejo, são 63% apontando até R$ 100 e 37% superior a esse valor. No campo regional, 70% dos varejistas do Sul acreditam em gastos médios de até R$ 100 para compra de presentes neste Natal. Entre os empresários do Sudeste, 68% tem essa percepção; no Centro-Oeste, 64%, e no Nordeste, 60% estimam gastos nesta faixa. A menor expectativa com as compras nesta média aparece na região Norte, onde 49% dos varejistas projetam compras de até R$ 100.

Presentes

Na avaliação dos varejistas, os presentes que mais devem ser procurados neste Natal serão roupas, sapatos e acessórios (30%) e aparelhos de celular (23%). Também fazem parte da lista de presentes os eletrônicos, com 20% das citações; os brinquedos, com 9%; os eletrodomésticos, com 7%, e os itens de perfumaria e cosméticos, com 4%. Em menor escala estão cesta de Natal e produtos da época (2%), computador e impressora (1%), bebidas (1%), CD´s, livros e DVD´s (1%) e outros (2%).

Veja também

    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    Noticias

    Matrículas para selecionados no Capacita + POA tem o prazo prorrogado

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais