Brinquedos e roupas serão os principais presentes para o Dia das Crianças

Data deve movimentar cerca de R$ 43,8 milhões na Capital

O Dia das Crianças é uma data que vem ganhando importância no calendário do varejo em Porto Alegre. É o que mostra a pesquisa encomendada pelo Sindilojas Porto Alegre e CDL Porto Alegre. Segundo o estudo, os gastos com presentes devem ser 11,4% maiores na comparação com 2011. Com este aumento, a estimativa das Entidades do setor é que o 12 de outubro vai movimentar R$ 43,8 milhões no varejo porto-alegrense.

Na data, os principais presenteados serão filhos, netos e afilhados. Conforme o levantamento, a maioria dos entrevistados pretende comprar brinquedos (56,8%) e roupas (48,5%). “Conhecer o que o consumidor projeta comprar para as crianças é uma forma de prepararmos os lojistas. É nosso papel, como representante legal da categoria, identificar as tendências para que o lojista obtenha sucesso em seus negócios”, afirma Ronaldo Sielichow, presidente do Sindilojas Porto Alegre. “Com este levantamento, colocamos à disposição dos lojistas dados que impactam decisivamente nas estratégias de vendas para a data. Informá-los previamente sobre múltiplas variáveis que envolvem a escolha do presente para marcar o Dia das Crianças é uma importante vantagem comercial”, destaca Gustavo Schifino, presidente da CDL Porto Alegre. O levantamento aconteceu entre os dias 1º a 4 de setembro, com 400 consumidores de todas as regiões da cidade.

Panorama Geral
Do total de consumidores que respondeu a pesquisa, 52,3% pretendem presentear os filhos, 24,5% os netos e 19,3% os afilhados. Cerca de 36% estima gastar entre R$ 101,00 e R$ 200,00 e a forma de pagamento mais citada pelos consumidores é em dinheiro. As compras pagas em cartão de crédito e débito aparecem em segundo lugar, com 27,8% das respostas. O gasto estimado por presente deve ficar em torno de R$ 54,00, sendo que a maioria dos consumidores relatou que comprará em média três presentes e irá contemplar mais de uma criança. Considerando a intenção de gastos em relação a 2011, 41,3% dos entrevistados pretendem gastar mais com os presentes, enquanto que 51% dizem que vão gastar o mesmo valor do ano passado.

A metade dos consumidores consultados pretende comprar os presentes com uma semana de antecedência, enquanto que 27,8% comprarão na véspera ou no próprio dia. Na hora da compra, o desejo dos homenageados é considerado o principal influenciador na escolha dos presentes para 46% dos entrevistados. Se a criança estiver com o adulto no momento da compra, o percentual de influência das crianças no item que será escolhido sobe para 56,8%.

Tipos de presentes preferidos
Os itens que mais apareceram nas respostas do consumidor foram brinquedos (56,8%), roupas (48,5%), calçados (5,3%) e outros (7,8%). Os meninos devem ganhar mais brinquedos (56,9%) enquanto que o presente preferido para meninas são itens de vestuário (50,4%). A pesquisa revela ainda que os brinquedos são os presentes preferidos para crianças até os 10 anos de idade. Para os maiores, as roupas são as escolhidas.

Locais
O Dia das Crianças deve ter concentração de compras em três locais: 54,3% dos entrevistados pretendem comprar em lojas de rua, 38% em shopping e 13% no Shopping do Porto, conhecido como Camelódromo.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais