C&A recebe selo de construção sustentável

Certificação internacional foi dada à loja da rede no Centro da Capital e será aplicada em outras unidades no País

Foram necessários três anos e meio em um processo que envolveu obras de melhorias nos sistemas de iluminação e uso de água, entre uma dezena de iniciativas sustentáveis, até que a loja Eco da C&A da Rua dos Andradas, em Porto Alegre, recebesse o selo LEED (Leadership in Energy and Environmental Design). O sistema de certificação para construções, que assegura critérios de ecoeficiência reconhecidos internacionalmente, garantirá know how para a varejista aplicar o conceito em prédios de novas lojas e também naqueles que passarem por reformas.

Em torno de 30 obras estão em andamento atualmente, incluindo filiais em reforma ou novas lojas. Nestas unidades estão sendo realizados coleta de resíduos, uso de sistemas elétricos eficientes e de lâmpadas econômicas e sistema de ar- condicionado sem utilização de água para a refrigeração.

Estes e outros procedimentos foram aplicados na loja Eco da Capital gaúcha, onde um terraço verde de 640 m2 será aberto em breve à visitação do público. O local é utilizado pelos cerca de 180 colaboradores da loja como ambiente de descanso. Recentemente passou por uma revitalização e recebeu árvores frutíferas e nativas da região Sul, entre outras. Além de colaborar na absorção de água da chuva, melhora o isolamento térmico do edifício e diminui o uso de ar-condicionado.

Os resultados são significativos. De acordo com o diretor de Operações da C&A, Élio França, a loja de 6 mil m2 tem registrado economia de 35% em energia elétrica e 46% de uso de água. Além disso, 80,3% dos resíduos gerados pela obra (entulhos, bandejas galvanizadas, lâmpadas e pisos) foram totalmente reciclados. França destaca que o engajamento dos colaboradores foi importante no processo. “Além de ajudarem a aplicar o conceito, eles também estão mais felizes, a iniciativa impactou no humor”, garante.

Segundo o consultor que acompanhou o processo de certificação da unidade do Centro, Guido Petinelli, esta é a primeira loja varejista do País e o primeiro prédio do Sul do Brasil com certificado LEED. Outros 100 empreendimentos já receberam o selo. “A C&A está entre as empresas pioneiras, porque em 2009, quando nos procurou, havia menos de 10 prédios certificados em todo o País”, diz Petinelli.

Mesmo que os recursos para aplicação do conceito nas lojas sejam mais elevados do que os que seriam injetados em uma obra convencional, o retorno “vem com o tempo”. “Não se trata de estratégia que visa à economia. Isso acontece em médio e longo prazo, mas o foco é desenvolver o conceito de sustentabilidade em todos os sentidos”, esclarece o diretor, que não abre o investimento destinado às obras.

Entre os diferenciais da loja Eco ainda constam um bicicletário e mapa de pontos de ônibus próximos da loja, entre outros aspectos com foco na sustentabilidade.

Veja também

    Noticias

    Cultura organizacional é foco do debate no Varejo Movimento

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas POA participa da abertura de Feira da Acomac

    Veja mais
    Noticias

    Comércio Solidário: Sindilojas Poa é parceiro da Fecomércio-RS

    Veja mais
    Noticias

    O público 60+ consome e precisa ser melhor atendido

    Veja mais