Cada vez mais dinheiro para os cofres públicos

Os governos federal, estaduais e municipais tiraram mais dinheiro da sociedade brasileira no ano passado, a ponto de o peso dos tributos no bolso ter atingido nível recorde. O total de impostos e…

Os governos federal, estaduais e municipais tiraram mais dinheiro da sociedade brasileira no ano passado, a ponto de o peso dos tributos no bolso ter atingido nível recorde. O total de impostos e contribuições pago pelo cidadão subiu de 35,54% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2007 para 36,56% no ano passado. É como se cada brasileiro tivesse repassado R$ 5.572 aos cofres públicos, comparou o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), ao divulgar ontem estudo sobre o assunto. O valor representa um aumento de R$ 652 sobre o pago em 2007. Se for considerado apenas o governo de Luiz Inácio Lula da Silva, em seis anos a carga tributária total aumentou 4,02 pontos percentuais. Nos oito anos de Fernando Henrique Cardoso, o avanço foi de 6,5 pontos. E nos 20 anos da Constituição de 1988, o avanço foi de 16,28 pontos – crescimento de 80%. O levantamento mostra que o total de tributos arrecadados pelos três níveis de governo no ano passado chegou a R$ 1,056 trilhão. O Produto Interno Bruto de R$ 2,89 trilhões foi divulgado na terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O ritmo de arrecadação também variou. O do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no Rio Grande do Sul, por exemplo, foi quase o dobro do da Receita Federal no Estado – de 21,33% e de 11,32%, respectivamente.

Veja também

    Noticias

    Reconstruindo Juntos: comércio pulsante é o caminho para a recuperação

    Veja mais
    Noticias

    Co.nectar Hub prorroga inscrições para o programa de aceleração de startups

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Atualização da cartilha do Estado de Calamidade

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas Porto Alegre lança apoio ao comércio gaúcho

    Veja mais