Cai 0,01 pp o juro da pessoa física

São Paulo – A taxa média de juros para pessoa física teve, em setembro, a terceira queda mensal consecutiva, atingindo o menor nível dos últimos 15 anos, embora permaneça em patamar elevado. De janeiro a…

São Paulo – A taxa média de juros para pessoa física teve, em setembro, a terceira queda mensal consecutiva, atingindo o menor nível dos últimos 15 anos, embora permaneça em patamar elevado. De janeiro a setembro, a taxa teve redução de 3,22 pontos percentuais (pp), de 121,96% para 118,74% ao ano. A pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), divulgada ontem, aponta baixa de 0,01 ponto nas taxas em operações de crédito, de 6,75% para 6,74% ao mês, o menor nível da série histórica do levantamento, iniciada em janeiro de 1995.
A queda foi puxada por três das seis linhas de crédito que compõem o cálculo da taxa média para pessoa física: juros do comércio, empréstimo pessoal de bancos e empréstimo pessoal de financeiras. Das modalidades de crédito pesquisadas pela Anefac, duas ficaram estáveis em setembro: cartão de crédito e financiamento de carros. Outra cresceu no período: a do cheque especial.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 02/03 A 08/03

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Sindilojas POA realiza mais um Feirão de Empregos

    Veja mais
    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais