Câmara aprova texto principal do projeto que amplia o Simples Nacional

Limite das empresas de pequeno porte subirá para R$ 7,2 milhões em 2017

Com a presença do ministro da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite…

Limite das empresas de pequeno porte subirá para R$ 7,2 milhões em 2017

Com a presença do ministro da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça o texto principal do projeto de lei complementar que amplia os benefícios do Simples Nacional, o Supersimples, a partir de 2017. Para ser concluída a votação, será necessário ainda apreciar os destaques propostos pelos parlamentares, o que deve acontecer nesta quarta.

Todos os partidos orientaram suas bancadas a votar favoravelmente ao projeto. Foram 417 votos sim e apenas dois votos contrários ao texto. O Supersimples é um regime tributário especial que permite o pagamento, em uma única guia, de oito impostos. Atualmente, o limite de enquadramento das microempresas no regime especial de tributação é de R$ 360 mil. Com a proposta, o limite da receita bruta anual máxima permitida é de R$ 900 mil.

Hoje, as empresas de pequeno porte podem faturar até R$ 3,6 milhões por ano para participar do programa. Com a mudança, o teto passa para R$ 7,2 milhões. A partir de 2018, sobe para R$ 14,4 milhões, apenas para o setor industrial.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais