Câmara pode realizar novos encontros sobre o Cais do Porto

Além da revisão do Plano Diretor de Porto Alegre, a Câmara deve se concentrar, no próximo mês, na análise do projeto de revitalização do Cais do Porto. Os vereadores decidiram apreciar os dois temas em…

Além da revisão do Plano Diretor de Porto Alegre, a Câmara deve se concentrar, no próximo mês, na análise do projeto de revitalização do Cais do Porto. Os vereadores decidiram apreciar os dois temas em conjunto.

Para isso, além da audiência pública realizada na quinta-feira, novos encontros com a participação da sociedade devem acontecer nas próximas semanas.

Na reunião da mesa diretora e dos líderes de bancada na quarta-feira, o presidente da Casa, Sebastião Melo (PMDB), pretende sugerir uma reunião entre os 36 vereadores, técnicos da prefeitura e do Estado.

O objetivo é tirar dúvidas e evitar confusões em plenário. “Precisamos saber, por exemplo, se a altura de 100 metros (prevista para a área próxima à rodoviária) pode ser reduzida sem trazer prejuízos à viabilidade econômica do projeto, já que não haverá recurso público no investimento”, explica Melo.

O presidente também deve indicar um relator para a matéria. Ele ficará responsável pela formulação de um parecer e pelo recebimento das emendas.

Como na análise do Plano Diretor, existe uma relatoria específica sobre o Cais do Porto e o Centro da Cidade, comandada pelo vereador Airto Ferronato (PSB), a expectativa é de que ele também assuma a nova tarefa. A Câmara estuda ainda dedicar sessões às quintas ao debate do assunto.

Na primeira audiência pública, que se estendeu até as 23h50mim de quinta-feira passada, mais de 500 pessoas lotaram o plenário Otávio Rocha. Ao todo, 35 representantes de entidades usaram a tribuna – além dos vereadores e de secretários do Estado. Houve críticas à falta de respostas dos técnicos.

Como eram muitos inscritos, não houve tempo para réplica. Diversos questionamentos ficaram em aberto, principalmente com relação às alturas dos prédios e a possibilidade de uso residencial.

Apesar de a grande maioria se manifestar favorável à revitalização do Cais, há restrições quanto às novas construções próximo à Usina do Gasômetro (de até 14 e de até 32 metros) e à rodoviária (de até 100 metros).

Veja também

    PesquisaNoticias

    Na comparação com o Dia dos Namorados de 2023, 17% dos lojistas dizem ter vendid...

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra no Centro da capital

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Créditos do BNDES: empresário, você tem acesso a este recurso

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Sondagem do Sindilojas POA prevê Dia dos Namorados tímido para o comércio na ca...

    Veja mais