Celulares e tablets devem impulsionar vendas no Dia das Crianças

Data deve gerar incremento de 5% a 6% no varejo no Rio Grande do Sul

O Dia das Crianças deve injetar um crescimento real de 5% a 6% nas vendas do comércio varejista do Rio Grande do Sul, na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo estimativas da Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado (Fecomércio-RS). A comercialização de jogos e aparelhos eletrônicos, incluindo celulares e tablets, influenciará no resultado.

Mas o setor mais impactado pela data comemorativa é o segmento de artigos de uso pessoal e doméstico, em que estão inseridas as lojas especializadas em brinquedos. Essa atividade deve registrar crescimento real de entre 3% e 4%.

Também têm marcada influência positiva do Dia das Crianças as atividades varejistas de Tecidos, vestuário e calçados, que engloba o vestuário infantil, com uma taxa de crescimento real de vendas de 7%.

Para o presidente da Fecomércio-RS, Zildo De Marchi, o cenário positivo tem como destaque a atual conjuntura do mercado de trabalho, principal determinante do desempenho das vendas. “A região Metropolitana de Porto Alegre, área pesquisada pelo IBGE no Rio Grande do Sul, apresenta expansão intensa da massa real de rendimentos, com um crescimento de 11,7% em agosto na comparação com o mesmo mês de 2012, diferentemente da mensuração nacional, que apresenta desaceleração ao longo de 2013”, ponderou.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais