Cerca de 33% das lojas de rua de Porto Alegre já foram assaltadas em 2015

Dado é resultado de um levantamento realizado neste mês pelo Sindilojas Porto Alegre

A falta de segurança no entorno de shoppings centers e em áreas de grande concentração comercial na capital gaúcha traz uma preocupação a mais para quem depende desse negócio para viver. Segundo pesquisa realizada pelo Sindilojas Porto Alegre com lojistas, neste mês de abril, 33% das lojas dos entrevistados já foram assaltadas em 2015, em horário comercial com abordagem aos clientes. Além disso, 50% dos comerciantes entrevistados dizem que suas equipes de funcionários já foram assaltadas no deslocamento de casa para o trabalho e do trabalho para casa. A pesquisa revelou também que dentre o percentual de lojas já assaltadas neste ano, metade já foi assaltada duas vezes e na maior parte delas com arma de fogo.

Segundo o presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse, além das ameaças a própria vida, a situação coloca em risco o emprego de centenas de pessoas e a sobrevivência de milhares de empresas, que vivem situações diárias de tensão por assaltos, saques e vandalismos. “Estamos vulneráveis em nossa cidade. Com cada vez menos policiais nas ruas, investimento em frota, valorização e renovação das equipes de segurança. Diante desse cenário de extrema sensação de insegurança, estamos pedindo e cobrando ações do setor público para que esse quadro mude”, ressalta.

Veja também

    PesquisaNoticias

    Na comparação com o Dia dos Namorados de 2023, 17% dos lojistas dizem ter vendid...

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra no Centro da capital

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Créditos do BNDES: empresário, você tem acesso a este recurso

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Sondagem do Sindilojas POA prevê Dia dos Namorados tímido para o comércio na ca...

    Veja mais