Classe C compraria eletrodomésticos e móveis se tivesse mais dinheiro

Levantamento do Data Popular, com base em dados do IBGE, aponta que 80% das pessoas investiriam nestes itens. Fogões, geladeiras e máquinas de lavar roupas estão entre os mais desejados

A classe C compraria mais eletrodomésticos e móveis se sua renda dobrasse. É o que aponta o levantamento feito pelo Data Popular, com base em dados do IBGE. Segundo a pesquisa, 80% das pessoas adquiririam estes produtos, contra 26,3% dos demais brasileiros. Do total de entrevistados, 83% gostariam de poupar mais. Entre os itens mais desejados pela chamada nova classe média estão fogão (20,9%), geladeira (21,4%) e máquina de lavar roupas (23,5%). O estudo também aponta uma duplicação no uso do dinheiro com serviços entre os anos de 2002 e 2011. Gastos com manutenção do lar aumentaram em 169,3%, enquanto serviços como cabeleireiro, manicure, lavanderia, cerimônias familiares e práticas religiosas tiveram um crescimento de 106,8%.

Veja também

    Noticias

    Pronampe: 30 bi e carência de 2 anos para empreendedores do RS

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Governo do RS atualiza lista com municípios em estado de calamidade e postergaç...

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas POA e CDL POA promovem ação para limpeza do Centro Histórico da Capital

    Veja mais
    Noticias

    Cartilha Estado de Calamidade: seguros disponíveis e auxílio reconstrução

    Veja mais