CNC: intenção de consumo das famílias cresce em janeiro

As famílias brasileiras ficaram mais dispostas em ir às compras na passagem de dezembro para janeiro. No entanto, o apetite para o consumo ainda está menor do que no mesmo período do ano passado, apontou a…

As famílias brasileiras ficaram mais dispostas em ir às compras na passagem de dezembro para janeiro. No entanto, o apetite para o consumo ainda está menor do que no mesmo período do ano passado, apontou a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) registrou alta de 1,1% em janeiro ante dezembro, para 131,0 pontos. Em relação a janeiro de 2013, houve recuo de 3,0%. Segundo a CNC, o alto nível de endividamento, o encarecimento do crédito e a persistência das pressões inflacionárias foram razões que mantiveram a intenção de consumo em um nível inferior ao ano passado. Por outro lado, a manutenção dos ganhos salariais reais e da taxa de desemprego baixa mantém o índice num patamar ainda favorável, acima da zona de indiferença (100,0 pontos).

Na comparação com o mês anterior, todos os componentes da pesquisa tiveram melhora em janeiro, menos o subindicador Momento para Duráveis (-6,5%). Na comparação com janeiro do ano passado, a queda na intenção de consumo foi causada por uma deterioração em quase todos os subindicadores, com exceção da avaliação sobre a Renda Atual (+0,4%) e a Perspectiva de Consumo (+4,4%).

Veja também

    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Feira Brasileira do Varejo (FBV) é lançada oficialmente em Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 19/02 A 23/02

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Tendências mundiais que impactam o varejo local

    Veja mais