Comércio da Capital sofre impacto negativo com paralisação de três dias do funcionalismo estadual

Levantamento do Sindilojas Porto Alegre indica que a venda no comércio caiu 28% com os três dias de reivindicação

A greve dos servidores estaduais em Porto Alegre, que ocorreu entre os dias 19 e 21 de…

Levantamento do Sindilojas Porto Alegre indica que a venda no comércio caiu 28% com os três dias de reivindicação

A greve dos servidores estaduais em Porto Alegre, que ocorreu entre os dias 19 e 21 de agosto, na semana passada, teve reflexo negativo no comércio da Capital. De acordo com um levantamento realizado pelo Sindilojas Porto Alegre, 83% das lojas foram impactadas pela paralisação de três dias. Dentre os estabelecimentos consultados, a queda no volume de vendas, em média, foi de 28%.

Segundo o presidente do Sindicato, Paulo Kruse, o índice se justifica por fatores como o clima de insegurança dos cidadãos e do comércio de rua devido a diminuição do efetivo policial. “”Os consumidores estavam mais comedidos, com medo de furtos. Desde o primeiro dia da manifestação o movimento reduziu muito, principalmente no centro””, ressalta.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais