Comércio e serviços serão incluídos na Política de Desenvolvimento Produtivo

SÃO PAULO – O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, afirmou, na ACRJ (Associação Comercial do Rio de Janeiro), nesta segunda-feira (21), que a nova Política de…

SÃO PAULO – O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, afirmou, na ACRJ (Associação Comercial do Rio de Janeiro), nesta segunda-feira (21), que a nova Política de Desenvolvimento Produtivo incluirá o setor de comércio e serviços. “Esse é um setor que responde por quase 60% do emprego, da mão de obra no Brasil. Então, tem que incluir esse setor também nessa discussão”, disse, segundo a Agência Brasil. O objetivo da medida é estreitar a parceria existente entre a indústria e o comércio. A ação deve se refletir no aumento das vendas do comércio e no crescimento da produção. “O comércio precisa de um estreitamento do seu diálogo com a indústria, porque quem vende o produto da indústria é o comércio. Se você estreita esse laço, vai ter produtos mais adequados ao mercado, produtos mais inovadores e tecnologicamente mais bem feitos e que atendam mais o consumidor”, acrescentou.

Sobre a PDP

A discussão sobre a Política de Desenvolvimento Produtivo continuará até o mês de março. A presidente da República, Dilma Rousseff, estipulou o prazo até abril para que a Política de Desenvolvimento Produtivo seja concluída.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 02/03 A 08/03

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Sindilojas POA realiza mais um Feirão de Empregos

    Veja mais
    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais