Comércio gaúcho deve ter Natal com faturamento 6% maior, acredita Fecomércio-RS

As empresas do comércio e de serviços do Rio Grande do Sul podem esperar vendas neste Natal 6% superiores às do ano passado. É no que acredita a Fecomércio-RS (Federação do Comércio de Bens e de…

As empresas do comércio e de serviços do Rio Grande do Sul podem esperar vendas neste Natal 6% superiores às do ano passado. É no que acredita a Fecomércio-RS (Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do RS), que prevê um desempenho positivo decorrente de fatores como o mercado de trabalho aquecido e ainda a confiança do consumidor gaúcho, que, segundo pesquisa da Federação, está em 130 pontos, numa variação de zero a 200, demonstrando o otimismo das famílias.

Conforme explica o presidente do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac, Zildo De Marchi, fatores como o aumento do poder de consumo das famílias é definitivo para as compras de Natal. “O rendimento da população está crescendo e a massa salarial na Região Metropolitana de Porto Alegre está quase 10% maior que no ano passado. Além disso, a geração de empregos também é recorde no Estado, já foram criadas quase 130 mil vagas, sendo que o melhor ano até então havia sido em 2004, com 114 mil vagas, por exemplo”, cita o dirigente.

Para De Marchi, outro fator que poderá estimular o maior faturamento de lojistas é a taxa de juros a pessoa física, que está em quase 30% ao ano, sendo que, em 2008, neste mesmo período do ano, a taxa era 59%. “O crédito cada vez mais facilitado e acessível à população é mais um quesito que deve alavancar as vendas de final de ano, assim como já vem ocorrendo nos últimos meses”, finaliza o dirigente.

Veja também

    PesquisaNoticias

    Na comparação com o Dia dos Namorados de 2023, 17% dos lojistas dizem ter vendid...

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra no Centro da capital

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Créditos do BNDES: empresário, você tem acesso a este recurso

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Sondagem do Sindilojas POA prevê Dia dos Namorados tímido para o comércio na ca...

    Veja mais