Comércio puxa aumento da jornada de trabalho do gaúcho em 2016

Dados da Fundação de Economia Estatística do Rio Grande do Sul (FEE) mostram redução de uma hora na jornada média de trabalho do gaúcho na região Metropolitana de Porto Alegre em 2015 em função da recessão econômica, muito por conta da flexibilização de jornada da indústria.

Dados da Fundação de Economia Estatística do Rio Grande do Sul (FEE) mostram redução de uma hora na jornada média de trabalho do gaúcho na região Metropolitana de Porto Alegre em 2015 em função da recessão econômica, muito por conta da flexibilização de jornada da indústria. Mas em 2016 já se observa aumento de uma hora na jornada média até abril. Os setores como a indústria e serviço continuam com a jornada mais baixa, mas o que vem puxando o aumento de horas e, portanto, da renda das famílias é o setor do comércio. Em 2015, a jornada média era de 45 horas semanais. Em 2016, já chega a 46 horas em abril.

“O que se observa é que as pessoas ocupadas no comércio estão trabalhando uma quantidade maior de horas na expectativa de aumentar a renda. Sejam os assalariados em que boa parte da renda vêm das comissões ou aqueles trabalhadores autônomos em que toda a renda depende do volume de vendas. Então essa pessoa fica com o negócio mais tempo aberto”, explica a pesquisadora da FEE, Iracema Castelo Branco.

A especialista ressalta que há uma diminuição de pessoas empregadas no comércio e as que ficam no mercado de trabalho acabam trabalhando mais horas, muitas vezes acumulando funções e ficando sobrecarregadas. Conforme Iracema, mais de 50% dos empregados do comércio trabalham mais de 44 horas por semana, uma jornada acima do que é indicado pela legislação.

Na indústria, o percentual de 40 horas semanais se mantém desde 2015. A média histórica costumava ficar em 44 horas. Houve redução também das horas trabalhadas das domésticas muito mais em função das exigências da legislação. Na última semana, IBGE divulgou dados do desemprego e já são 11 milhões de brasileiros fora do mercado de trabalhos nestes primeiros meses do ano.

 

Fonte: Blog Acerto de Contas

Veja também

    PesquisaNoticias

    Sindilojas Porto Alegre realiza pesquisa com empresários da capital sobre o uso d...

    Veja mais
    Noticias

    Prefeitura de Poa dá descontos em juros e multas

    Veja mais
    Noticias

    Apoio do Governo Federal para pagamento de salários

    Veja mais
    Sindilojas na MídiaNoticias

    Artigo: O varejo gaúcho, e agora?

    Veja mais