Como melhorar o Fluxo de Caixa do seu e-commerce?

Muitos gestores de e-commerce entendem a necessidade de manter o modelo de fluxo de caixa positivo a fim de conservar saudável a saúde financeira da empresa. O problema é que muitas vezes fica difícil controlar as contas e fazer com que débitos e créditos sejam equilibrados e controlados

Muitos gestores de e-commerce entendem a necessidade de manter o modelo de fluxo de caixa positivo a fim de conservar saudável a saúde financeira da empresa. O problema é que muitas vezes fica difícil controlar as contas e fazer com que débitos e créditos sejam equilibrados e controlados.

Em primeiro lugar, vale explicar que a principal função do fluxo de caixa é possuir um controle e organização quanto aos gastos da sua loja através de uma série de dados como controles financeiro, de estoque, de vendas e assim por diante.

Além disso, uma empresa que não tem o cuidado de fazer uma análise desses dados pode acabar se complicando financeiramente, isso porque não conhece qual seu lucro real, ou até a falta dele.

Outro ponto que deve ser considerado é que os itens a serem analisados com um fluxo de caixa podem mudar de acordo com o segmento de atuação no negócio.

Acompanhe alguns dos requisitos essenciais que devem ser observados, independente do ramo de atividade, e que visam ajudar na melhora do fluxo de caixa da sua empresa.

 

Como melhorar o fluxo de caixa através de fontes internas

Antecipe os impostos – Se existe uma certeza para as empresas é que os impostos são pagamentos certos e periódicos, por isso, procure se antecipar e já deixar um capital separado para isso. Essa atitude pode evitar burocracias desnecessárias e até multas.

Reduza seu estoque – Estoque cheio de mercadorias é sinal de dinheiro parado! Existem algumas possibilidades para redução do estoque que vão desde oferecer ofertas e promoções aos clientes até contar com um sistema específico que oferece um controle preciso deste setor, possibilitando saber quais produtos devem ser repostos e quais precisam ser vendidos com maior urgência.

Negocie os pagamentos – Existem inúmeros custos no fluxo de uma empresa, alguns deles bem grandes, como o aluguel por exemplo. Por isso, tente negociar pagamentos como este em duas parcelas, preferencialmente coincidindo com datas em que a empresa costuma receber grandes valores.

Reduza custos em geral – Procure alguns custos que possam ser diminuídossem afetar a qualidade dos serviços prestados. Uma maneira de reduzir custos, por exemplo, é alugar equipamentos de alto custo (entre preço de compra e manutenção) e que a empresa não use com frequência.

Negocie taxas – Não são poucas as empresas que acabam pedindo empréstimos para manter seu fluxo de caixa positivo, por isso, essa dica pode ser mais útil do que parece. Procure manter as prestações dos empréstimos em dia para obter o poder de barganha e assim, renegociar taxas e prazos.

 

Como melhorar o fluxo de caixa através de clientes

Aumente os preços – Embora essa prática não seja bem aceita pelos clientes, é preciso ficar atento aos valores cobrados em produtos ou serviços. Boa parte da saúde financeira de uma empresa depende dos preços cobrados, entretanto, é necessário ficar atento à concorrência e às particularidades do mercado antes de simplesmente subir os preços, pois eles devem ser competitivos também.

Venda produtos adicionais – Esta é uma ação de venda um tanto quanto comum e extremamente eficiente pois utiliza o conhecimento sobre a necessidade do cliente para aquele exato momento. Um bom exemplo é oferecer um par de meias para alguém que tenha comprado um tênis ou um creme de barbear para quem comprou uma lâmina de barbear e assim por diante. Além disso, a boa e velha promoção do pague 2 e leve 3 continua bastante funcional.

Dê alternativas para o pagamento – Oferecer alternativas para o pagamento é uma ótima ferramenta que diminui as chances de inadimplência. Cartão de crédito, pagamento progressivo ou parcial são algumas das opções válidas.

Aumente as vendas à vista – Vendas à vista são famosas por serem benéficas para os dois lados da negociação. As empresas recebem pelos produtos de uma vez e em dinheiro, o que evita a inadimplência e o custo com companhias de crédito. Isso significa mais dinheiro no caixa da empresa! Já os clientes ganham poder de negociação, podendo receber descontos ou brindes.

Aumente as vendas por e-commerce – Caso a empresa não possua umaloja virtual, fatalmente estará perdendo um valioso recurso na busca pela melhora do seu fluxo de caixa. Levando em conta a mudança do comportamento dos compradores, que atualmente utilizam a internet e seus smartphones para realizar suas compras, a necessidade de possuir um e-commerce é real. Veja como implementar um e-commerce ao seu negócio.

Verifique o crédito – Mais uma questão de máxima importância é checar a situação do crédito dos possíveis clientes. Essa prática pode evitar possíveis problemas com inadimplência, pois mostra se o cliente já deixou de pagar outros fornecedores.

 

Como melhorar o fluxo de caixa através de fornecedores

Peça descontos – Uma vez firmada uma parceria com os fornecedores, pedir descontos não só se trata de uma prática comum, como necessária, use o máximo de descontos que conseguir. Geralmente, é possível conseguir bons descontos para compras maiores, apenas tenha cuidado para que com isso, seu estoque não fique inchado com produtos sem necessidade.

Mantenha um bom relacionamento – Um bom relacionamento com os fornecedores garante maior flexibilidade tanto em pagamentos quanto em prazos. Uma vez mantendo esse fornecedor com honorários em dia, se torna mais viável a negociação de pagamentos, tanto nos valores quanto nos prazos.

Procurar fornecedores alternativos – Desde os primórdios do comércio mundial pesquisar fornecedores é prática habitual. Não se acomode com um bom fornecedor, esteja sempre em busca de melhores produtos, melhores valores, prazos e serviços.

Pois bem, dito alguns dos itens fundamentais de atenção dentro do fluxo de caixa de uma empresa, é hora de colocar a mão na massa. Boa sorte!

Fonte: E-commerce Brasil

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais