Compras coletivas reduzem gastos com livros e material escolar, diz pesquisa

A compra compartilhada está surgindo como opção para aqueles que têm orçamento apertado e precisam de um alívio nos gastos. É o que mostra uma pesquisa do Instituto Data Popular com base em dados do IBGE….

A compra compartilhada está surgindo como opção para aqueles que têm orçamento apertado e precisam de um alívio nos gastos. É o que mostra uma pesquisa do Instituto Data Popular com base em dados do IBGE. De acordo com o levantamento, 23% das famílias da classe D participaram de compras coletivas nos últimos 30 dias. Na classe C, o percentuial foi de 16% da classe C e 10% das A e B, também recorreram ao artifício, a fim de diminuir as despesas. Para Renato Meirelles, sócio-diretor do instituto, este tipo de compra representa um importante ganho para o consumidor: “Toda vez que a população consegue se reunir para comprar material em conjunto, em média economiza 10%. É melhor do que qualquer aplicação financeira”, avalia. Ainda de acordo com o Data Popular, o consumo de livros e material escolar foi significativo em 2010, e apresentou grande crescimento nos últimos anos. A classe C lidera o consumo nacional, com um gasto de R$ 5,29 bilhões em 2010. As classes A e B gastaram R$ 5,18 bilhões e as D e E R$ 2,27 bi. Em relação à evolução do comércio desse tipo de produto, a classe C gastou em 2010 quase 7 vezes mais do que em 2002. As classes D e E consumiram quase 5 vezes mais e as A e B pouco mais de duas vezes.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais