Compras on-line deverão ser impulsionadas em 30% no Natal deste ano

As vendas pela internet no período do Natal devem ter um crescimento de 30% em relação ao ano passado. Com isso, a expectativa é de que o faturamento do comércio eletrônico alcance R$ 1,63 bilhões. A…

As vendas pela internet no período do Natal devem ter um crescimento de 30% em relação ao ano passado. Com isso, a expectativa é de que o faturamento do comércio eletrônico alcance R$ 1,63 bilhões. A avaliação feita pela e-bit prevê que, com a aproximação de uma das datas mais aguardadas do ano, as lojas já se organizam quanto ao planejamento e logística, visando atender o aumento significativo na quantidade de pedidos que serão feitos entre os dias 15/11 e 24/12 pela internet.
Segundo estimativas da e-bit, no carrinho virtual dos consumidores deverão estar livros, categoria que historicamente é a líder do setor e eletrodomésticos, que devem continuar em alta com a prorrogação do IPI reduzido até final de janeiro. eletrônicos e informática também estarão presentes entre os mais vendidos, enquanto que saúde, beleza e medicamentos deve ser a preferência do público feminino.
Com o resultado do Natal, o e-commerce nacional deve fechar 2009 com um faturamento superior a R$ 10,5 bilhões, confirmando a expectativa da e-bit de um crescimento nominal de 28% em relação ao ano passado. Os números mostram o imenso potencial de evolução do canal, tendo em vista que apenas 25% das pessoas que acessam a internet no Brasil, são, de fato, e-consumidores (estimativa é chegar a 17 milhões no final de dezembro).
Já o mercado norte americano, de acordo com o eMarketer, empresa que faz o acompanhamento do setor, deve sofrer uma queda de até 3,1% nas vendas em 2009, caindo de US$ 132,3 bilhões em 2008 para US$ 128,4 em faturamento, provocado pela crise econômica.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais