Conheça as 10 marcas top of mind da moda feminina da classe A

O levantamento do Instituto QualiBest se baseou na pesquisa Top of Mind Luxo, realizada em setembro, e avaliou as principais marcas escolhidas pelas consumidoras de alto poder aquisitivo: Animale, Bo.Bô, BobStore, Claudeteedeca, Cris Barros, Daslu, Le Lis Blanc, Mixed, NK e Spezzato

A La Clé – rede virtual fechada do Instituto QualiBest, criada exclusivamente para realizar pesquisas junto a mulheres de classe AAA – entrevistou 270 mulheres cadastradas, com idade média de 42 anos, residentes na cidade de São Paulo, que gastaram em média R$ 3.500 mensais com itens de vestuário. Dentre elas, 92% possuem cartões de crédito premium e 68% costumam frequentar os mais tradicionais clubes da capital paulista.

Questionadas sobre o estilo de se vestirem, a maioria citou três opções: “básico”, “casual” e “chique/sofisticado”.

Em relação às marcas, o estudo mostrou que a Le Lis Blanc obteve o maior índice de preferência, se destacando por ter o maior número de atributos positivos e relevantes para a categoria, incluindo quesitos como: excelente mix de produtos, ótima relação custo-benefício e bom atendimento.

Citada como a marca com coleções de maior personalidade, sofisticação e status, a Cris Barros e a NK foram os principais destaques. Já a Bo.Bô foi escolhida por ser a “descolada”, apesar de ter alcançado o maior índice de visitas sem compras – 38% já foram à loja, mas nunca adquiriram itens da marca. No quesito jovialidade, as mais lembradas foram a BobStore e a Spezzato.

A Claudeteedeca teve como destaque o atendimento, além de ter sido a mais citada por promover eventos que agradam ao perfil das consumidoras cadastradas na La Clé. A Mixed, assim como a Claudeteedeca, também se destacaram por terem tecidos de ótima qualidade. Os quesitos arrojada e diferente foram os atributos mais conferidos à Animale.

Agora, questionadas sobre o melhor catálogo e revista, a maioria das entrevistadas apontaram a Daslu, também considerada como uma marca de bom gosto. Quanto ao “sentir falta de algo no mercado da moda nacional”, a maioria citou a necessidade de produtos mais baratos, com tecidos de maior qualidade e melhor acabamento.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 02/03 A 08/03

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Sindilojas POA realiza mais um Feirão de Empregos

    Veja mais
    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais