Consumidor está mais confiante com situação atual

A avaliação dos consumidores sobre a situação da economia no futuro registrou nova piora em março, embora a percepção sobre o cenário econômico presente tenha melhorado. Com um indicador puxando para…

A avaliação dos consumidores sobre a situação da economia no futuro registrou nova piora em março, embora a percepção sobre o cenário econômico presente tenha melhorado. Com um indicador puxando para cada lado, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) ficou praticamente estável na passagem do mês, subindo 0,1% e interrompendo uma sequência de três quedas consecutivas.

A avaliação dos consumidores em relação ao futuro da economia se deteriorou um pouco mais, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV). A intensificação do pessimismo em relação às expectativas aparece no indicador que mede o grau de otimismo com a situação econômica nos próximos meses, que caiu para 98,4 pontos – o menor patamar desde março de 2009 (95,9 pontos).

A proporção de consumidores que projetam melhora da economia diminuiu de 26,0% em fevereiro para 25,0% em março. No período, a parcela dos que preveem piora aumentou levemente, de 26,5% para 26,6%. Apesar disso, os consumidores se mostraram um pouco mais confiantes em relação à situação atual, embora ainda não revertam as perdas registradas nos últimos três meses. A proporção de consumidores que avaliam a situação como boa aumentou de 15,2% para 15,6%, enquanto a dos que a julgam ruim diminuiu de 41,0% para 39,5% entre fevereiro e março.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais