Demanda de companhias por crédito recua 4,4%

A procura das empresas brasileiras por crédito diminuiu em outubro, assim como havia ocorrido em setembro. Dados divulgados ontem pela Serasa Experian, empresa especializada em análise de crédito, mostram que…

A procura das empresas brasileiras por crédito diminuiu em outubro, assim como havia ocorrido em setembro. Dados divulgados ontem pela Serasa Experian, empresa especializada em análise de crédito, mostram que a quantidade de empresas que buscou crédito caiu 4,4% em outubro, na comparação com setembro. Em relação a outubro do ano passado, houve alta de 2,5% no mês passado.
Apesar do recuo em outubro, na comparação mensal, a demanda por crédito acumula alta de 6,9% de janeiro a outubro de 2010, ante igual período do ano passado. O recuo da demanda por crédito em outubro ante setembro está ligado à “sazonalidade do período, dado que a atividade produtiva, sobretudo no setor industrial, é mais fraca no último trimestre do ano”.

Para os analistas da Serasa, a queda na demanda por crédito entre as empresas, no mês passado, não pôde ser encarada como uma reversão de tendência. “A expectativa é que, nas comparações anuais (em relação aos mesmos meses do ano passado), a demanda das empresas por crédito deverá continuar registrando variações positivas ao longo do quarto trimestre de 2010.”

Na análise por porte, as microempresas reduziram a demanda por crédito em 4,6% em outubro ante setembro, enquanto as médias empresas registraram baixa de 0,4% na mesma base de comparação. A procura por crédito entre as grandes empresas subiu 0,6% no período. Todos os setores apresentaram recuos em suas taxas de procura por crédito em outubro ante setembro: indústria (baixa de 3,9%), comércio (queda de 3,9%) e serviços (recuo de 5,3%).

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais