Desemprego em Porto Alegre em janeiro é o menor dos últimos 11 anos

Desocupação na capital gaúcha é de 2,8%, enquanto média nacional é de 4,8%, diz IBGE

Porto Alegre registrou a menor taxa de desemprego referente ao mês de janeiro dos últimos 11 anos. O índice da…

Desocupação na capital gaúcha é de 2,8%, enquanto média nacional é de 4,8%, diz IBGE

Porto Alegre registrou a menor taxa de desemprego referente ao mês de janeiro dos últimos 11 anos. O índice da capital gaúcha calculado no primeiro mês do ano pela Pesquisa Mensal de Emprego (PME), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi de 2,8%, enquanto a média nacional é de 4,8%.

O desemprego na capital gaúcha é o menor do País desde abril de 2007, quando a cidade superou o Rio de Janeiro. Em janeiro de 2013, o índice na capital gaúcha era de 3,5%. Os 2,8% registrados em janeiro configuram leve alta em relação ao mês anterior, quando a taxa calculada foi de 2,6%.

Em Porto Alegre, 53,2% da população ocupada é composta por homens, enquanto 46,8% são mulheres. A faixa de idade mais representativa é a que compreende pessoas entre 25 e 49 anos, com 60% dos trabalhadores. No que se refere ao tempo de estudo, 60,9% tem 11 anos ou mais, enquanto apenas 0,7% tem menos de um ano de instrução. Os empreendimentos que têm o maior percentual dos empregados são os com 11 funcionários ou mais, com 62,1% dos trabalhadores da Capital. Cerca de 67,3% dos trabalhadores em Porto Alegre estão há 2 anos ou mais no trabalho, e 69,1% trabalham de 40 a 44 horas semanais.

Entre as capitais pesquisadas pela PME, a maior taxa de desocupação foi registrada em Salvador, com 8%. A média nacional também apresentou alta em relação ao mês anterior, de 3,5% para 4,1%. Em janeiro do ano passado, o índice foi calculado em 4,5%.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais