Dez perguntas para identificar como está a experiência de compra no seu e-commerce

Personalização: Meu e-commerce tem diferentes abordagens para os distintos perfis de clientes?

Ferramentas modernas de personalização podem ajudar a sua loja a se comunicar de forma diferente com diversos…

Personalização: Meu e-commerce tem diferentes abordagens para os distintos perfis de clientes?

Ferramentas modernas de personalização podem ajudar a sua loja a se comunicar de forma diferente com diversos tipos de clientes, nos diferentes momentos do consumidor na loja, como, por exemplo, se é a primeira vez dele no site ou se é usuário antigo. Mudar o background, a linguagem, promoções ou mostrar um banner específico para o tipo de target, são maneiras eficientes para reter os consumidores e ganhar a conversão.

Categorização: Os usuários que entraram na loja conseguiram buscar os produtos rapidamente com a definição de departamento, categorias e filtros atuais?

A definição correta dos níveis de categorização de uma loja com os filtros é fundamental para garantir a satisfação de um usuário na loja. É necessário entregar o que ele procura com a menor quantidade de cliques possível.

Conteúdo: As informações sobre os produtos da minha loja estão claras para o consumidor?

O conteúdo no e-commerce vai muito além de informações da ficha técnica. É importante criar um texto que trace a fabricação e benefícios do produto de forma que instigue o consumidor a desejar o item. Além disso, comentários de cliente sobre a experiência com o artigo, fotos de boa qualidade, com zoom em alta definição e detalhamento por categoria são essenciais para um bom desempenho da loja virtual.

Atendimento: O suporte da loja é suficiente para garantir a confiança e satisfação esperada?

Telefones para contato, atendimento online, FAQ, dentre outras ferramentas, deixam o usuário mais confiante e seguro. É importante também que os botões que levam para os canais de atendimento e ao Suporte ao Cliente tenham fácil visualização. Se eles tiverem uma boa receptividade, a tendência de compra fica muito maior. O consumidor precisa ter certeza que não vai ter problema caso precise da ajuda do SAC.

Segurança: O usuário consegue identificar o seu o e-commerce como um site seguro?

Garantir a segurança de um usuário que não conhece sua loja é fundamental. Nem sempre o preço é o fator chave de uma compra, é importante investir em selos que classificam a segurança do site, qualidade de serviço e a vulnerabilidade, e em ferramentas de proteção de dados.

Meio de pagamento: Meus meios de pagamento estão configurados e foram escolhidos apropriadamente para meu tipo negócio e perfil de clientes?

O melhor meio de pagamento para a sua loja é aquele que o cliente quer usar, ou seja, quanto mais opções, maior será a taxa de conversão. Por isso, utilize o máximo de bandeiras de cartões de crédito, boleto bancário e, se possível, o débito online. Além disso, para aumentar as chances da venda, disponibilize intermediadores como, por exemplo, PayPal, PagSeguro, MOIP, entre outros.

Carrinho de compras: Quantos passos tem a finalização da compra no meu e-commerce?

O abandono do carrinho de compras é um dos maiores problemas das lojas virtuais. Uma pesquisa realizada pela Invesp mostrou que a taxa de abandono do carrinho de compras é 65.23%, sendo, entre os principais motivos, 12% por exigir muita informação do usuário e 11% por ter um processo complexo de checkout.

Dessa forma, o ideal é sempre ter um indicador com os passos que o cliente terá que passar até finalizar a transação. Para que o consumidor tenha uma boa experiência e não perca o interesse pela compra, o ideal é que o processo não tenha mais de três etapas.

Performance: Qual a velocidade do carregamento da sua loja?

A loja tem que ser a mais rápida possível. Para descobrir se a sua loja é rápida, acesse o site –https://developers.google.com/speed/pagespeed/insights -, e faça o teste para saber a velocidade do seu e-commerce em relação aos concorrentes. Uma pesquisa realizada pela Forrester mostrou que 47% dos internautas não querem esperar mais de três segundos para o carregamento de um site, 14% afirmaram mudar de loja e 23% desistem da compra.

Teste A/B multivariáveis – Você faz testes multivariáveis constantemente para melhorar a experiência da loja?

Nem sempre o mais bonito vende mais. Para uma evolução constante de uma loja virtual, é preciso se apoiar em números das métricas de testes que permitem uma variação constante do design. O teste A/B ajuda a conhecer melhor o público e identificar a versão que oferece melhores resultados, a que converte mais.

Mobile: Minha loja está preparada para os dispositivos móveis?

Segundo a camara-e.net, tablets e celulares já representam 10% das compras no varejo online. Os dispositivos móveis já são realidade no Brasil e a tendência é que a utilização deles para compra no comércio eletrônico cresça a cada ano. Por isso, é importante preparar a sua plataforma para poder ser aberta em diferentes navegadores e sistemas operacionais, além disso, também é possível desenvolver aplicativos específicos da loja.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais