Dia das Crianças deverá injetar R$ 245 milhões na economia

A previsão para o ticket médio fica próximo aos R$ 190.

O Núcleo de Pesquisa do Sindilojas Porto Alegre realizou estudo sobre a intenção de compra para o Dia das Crianças. A pesquisa mostrou que a data deverá movimentar R$ 245 milhões na economia, e revelou algo já esperado. Dentre os mais citados para receber presentes aparece a opção filhos com 43,1%, seguido por netos, 29,4% e afilhados 20,3%. Sobre como os consumidores pretendem presentear, a lista revela que brinquedos (57,7%), roupas (42%) e calçados (13,1%) têm a preferência. Um ponto curioso foi o crescimento do passeio como uma forma de presentear. Ele aparece com 5,7% entre os respondentes.

Sobre os diferenciais para a escolha do presente, segundo o levantamento, o preço do item lidera a lista dos mais citados. Ele aparece com 61,4%. Na sequência aparece a qualidade do produto, com 48%, conhecer o gosto da pessoa, com 47,7%, e saber o que o presenteado deseja, com 32,3%. O ticket médio em 2023 deve ficar em R$ 189,47.

Quando e onde comprar

A semana anterior ao Dia das Crianças será a de maior movimento no comércio da capital. Cerca de 50% disseram que vão ir às compras nesta época. Com a antecedência de 15 dias, o índice baixa para 23,1%. E àqueles que já compraram, ficou em 2%.

Uma outra questão abordada foi o local onde se pretende fazer as compras. Lojas de rua lideram com 63,3%, seguido por loja de Shopping (42,9%) e e-commerce (25,7%). A escolha pelo comércio local para efetuar a compra chega a 82,9%.

Essas compras, em sua maioria, serão à vista em dinheiro. É o que diz a pesquisa. À vista em dinheiro tem 38,3% da escolha dos respondentes. As opções cartão de crédito parcelado (32,6%), à vista no débito (18%), e Pìx (14,9%), são outras citadas.

 Curiosidades

Pretende comprar o presente do Dia das Crianças no mesmo local do ano passado?

Não: 67%

Sim: 14,6%

Vai comprar de forma online o presente? Por qual canal?

App da loja: 65,9%

Site da loja: 54,9%

Instagram: 17,6%

Perfil dos respondentes:

Feminino: 53%

Masculino: 47%

Para Arcione Piva, presidente do Sindilojas Porto Alegre, o resultado da pesquisa revela um valor considerável a ser aplicado na economia de Porto Alegre. “Ainda em fase de retomada do comércio varejista, essa expectativa de R$ 245 milhões dá esperança de um aquecimento no setor, gerando contratações”, comentou.

Confira abaixo a pesquisa completa:

 


Faça o download do material aqui.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais