Dia dos Namorados deve movimentar R$ 77,81 milhões no comércio de Porto Alegre

Pesquisa para o Dia dos Namorados, encomendada pelo Sindilojas Porto Alegre e pela CDL Porto Alegre, revelou que o ticket médio na data será de R$ 217,83. Em relação ao ano anterior, foi registrado um…

Pesquisa para o Dia dos Namorados, encomendada pelo Sindilojas Porto Alegre e pela CDL Porto Alegre, revelou que o ticket médio na data será de R$ 217,83. Em relação ao ano anterior, foi registrado um crescimento de cerca de 8%, mas descontando a inflação acumulada, também em torno de 8%, o valor se mantém em R$ 168,41. A expectativa é introduzir R$ 77,81 milhões no comércio de Porto Alegre pela data comemorativa.

Segundo o presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse, o varejo está confiante e acredita que as projeções se confirmem. “Quando o Dia dos Namorados cai em uma sexta-feira ou em um sábado, principais dias de venda para o comércio, os consumidores ficam mais motivados a comprar e estender a comemoração por todo o final de semana. Mesmo se falando em instabilidade econômica, o companheiro nunca deixa de ser agraciado na data”, comenta.

O presidente da CDL POA, Gustavo Schifino, ressalta que o Dia dos Namorados é a terceira principal data do varejo no ano e tem crescido em importância. “Em um mundo cada vez mais digital, a data que celebra o amor tem recebido cada vez mais atenção e cuidado. Dessa forma, o equilíbrio permanece”, avaliou. “Aliás, pelo que vimos neste estudo, até os homens, sempre vistos como mais distraídos e esquecidos, se mostraram mais cuidadosos com a escolha do presente, modificando toda uma cultura pré-estabelecida”, observou.

Presentes preferidos
As roupas e perfumes são as opções de presente preferidas dos gaúchos. Um total de 22% pretende dar algum item de vestuário e 13% de perfumaria. O shopping center é a opção de 67% dos clientes para realizarem as compras e as lojas de rua é a escolha de 24%. Já a internet é o meio menos procurado, sinalizado por 6% dos entrevistados.

A preferência pelo uso dos cartões de crédito nas compras aumentou. Em 2015, 42% dos comprometidos têm a intenção de comprar a prazo, sendo que em 2014 o número era de 26%. As compras com pagamento em uma só vez no cartão de crédito, nesse ano, devem representar 13% do total das vendas e a compra parcelada 29%. Já o pagamento à vista diminuiu de 71% para 58% comparado a 2014.

Dos 309 entrevistados 81% residem em Porto Alegre e 19% na Região Metropolitana, sendo 8% da classe A, 24% da classe B, 56% da classe C e 12% das classes D e E. Dos entrevistados, 32% estão em um relacionamento há mais de 10 anos, 29% entre 1 e 5 anos e 24% entre 5 e 10 anos. O estudo foi realizado pela Vitamina Pesquisa.

Perfis de presenteadores
A pesquisa aponta quatro perfis de presenteador, são eles: prático (38%), planejado (23%), projetivo (20%) e afetivo (19%). Os dados revelam que as mulheres são mais práticas do que afetivas na hora de comprar o presente – na grande maioria, compram o presente querendo acertar sem se incomodar com uma possível troca. A faixa de idade predominante desse perfil é de 36 a 50 anos, correspondem, principalmente, a classe B e pretendem gastar entre R$ 101,00 e R$ 200,00.

Os homens, de acordo com os dados levantados, têm a responsabilidade de cumprir um simbolismo romântico e, por isso, são, em sua maioria, planejados – pensam muito antes de presentear porque não querem errar na escolha, a faixa de idade predominante é de 25 a 35 anos, correspondem à classe D,E e C, pretendem gastar em média R$ 200,00 e costumam presentear com perfumaria, artigos de casa/decoração e calçados.

Já o perfil projetivo é, em maioria, formado pelo público feminino e corresponde às consumidoras que desejam comprar um presente que gostariam de ganhar. A faixa de idade predominante é de 50 a 65 anos. Na hora de escolher o que comprar, projeta um presente em que os dois aproveitem juntos, como uma roupa íntima ou perfumaria, por exemplo. Correspondem à classe C, e pretendem gastar mais de R$ 200,00.

Por último, aparecem os afetivos. Eles compram um presente que tenha um significado muito especial, independentemente do valor. A faixa predominante é entre 19 e 24 e/ou 50 a 65 anos, correspondem à classe C ou A, devem comprar pela internet e gastar em torno de R$ 100,00.

Confira abaixo o infográfico da pesquisa.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais