Dicas de Segurança

O Sub Comandante do 9º BPM de Porto Alegre, o Major André Luiz Córdova enviou ao Sindilojas Porto algumas dicas para lojistas ficarem mais seguros em suas lojas.

Arrombamento fora do horário de…

O Sub Comandante do 9º BPM de Porto Alegre, o Major André Luiz Córdova enviou ao Sindilojas Porto algumas dicas para lojistas ficarem mais seguros em suas lojas.

Arrombamento fora do horário de Atendimento ao público
Sempre que possível, a instalação de sistemas de alarmes integrados ao monitoramento de imagens (havendo um disparo de intrusão, a imagem do local será disponibilizada).
Este procedimento permite que de um ponto distante do estabelecimento, quer na residência do lojista, quer na empresa contratada para o monitoramento, seja possível identificar com segurança o motivo do disparo.
O deslocamento do lojista / funcionário ao estabelecimento em situações desta natureza deve ser acompanhado por profissional da empresa de segurança privada contratada (se existente) ou comunicado à Brigada Militar (190).
Havendo a comunicação à Brigada Militar (190) e posteriormente a identificação no estabelecimento de sinais de arrombamento, recomenda-se que seja aguardada a chegada de uma viatura policial militar para o acesso ao interior do estabelecimento.

Ação de Golpistas
Comporte-se de forma a não incentivar a agressividade das pessoas insatisfeitas em seu ambiente de trabalho.
Não faça ameaças.
Sempre que houver um princípio de discussão aumente a distância entre você e pessoa com que está conversando.
Transfira para um colega o atendimento que está realizando.
Caso seu colega esteja enfrentando este tipo de problema:
Aproxime-se e procure intervir na conversa;
Demonstre que você esta disposto a solucionar a insatisfação ora apresentada;
Continuando o problema, informe que a segurança ou a Brigada Militar poderá ser chamada.

Para os Lojistas:
Evite manter sempre os mesmos itinerários;
Procure minimizar o estoque de capital no interior do estabelecimento, priorize máquinas para débito ou crédito e mantenha cofre para recolhimento de valores a cada vez que o caixa atinge uma cifra intermediária (tipo R$ 500,00 );
Restrinja acesso de funcionários a áreas delimitadas no estabelecimento, diminuindo os potenciais comprometimentos de informação;
Habitue-se a controlar as informações que difunde aos colaboradores. Poucas pessoas precisam ficar sabendo que você vai viajar ou ficar uns dias fora;
Transfira assinaturas de jornais e revistas se for ficar longos períodos fora, normalmente isto é uma deixa para os “amigos do alheio”;
Para os casos de seqüestro relâmpago, mantenha fone celular com cartão pré-pago no porta-malas do carro, ou contrate serviço de botão de pânico nas empresas de segurança;
Procure manter serviço de monitoramento por câmeras com a central de dados hospedada em servidor externo e acionável por e-mail ou msg de texto caso altere-se a normalidade do ambiente;
Se for objeto de assalto ou roubo, procure não olhar no rosto dos autores, pois eles podem ficar com medo de serem reconhecidos e resolver agredi-lo;

Veja também

    PesquisaNoticias

    Na comparação com o Dia dos Namorados de 2023, 17% dos lojistas dizem ter vendid...

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra no Centro da capital

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Créditos do BNDES: empresário, você tem acesso a este recurso

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Sondagem do Sindilojas POA prevê Dia dos Namorados tímido para o comércio na ca...

    Veja mais