E-commerce: 61% dos novos consumidores brasileiros pertencem à baixa renda

SÃO PAULO – Pesquisa divulgada pela e-bit (Empresa de Inteligência de Comércio Eletrônico) nesta segunda-feira (1) mostra que 61% dos novos consumidores do e-commerce no primeiro semestre de 2011 possuem…

SÃO PAULO – Pesquisa divulgada pela e-bit (Empresa de Inteligência de Comércio Eletrônico) nesta segunda-feira (1) mostra que 61% dos novos consumidores do e-commerce no primeiro semestre de 2011 possuem renda familiar igual ou menor de R$ 3 mil. Nos últimos anos, a participação desse público no comércio eletrônico aumentou significativamente. Em 2009, 46% do total de e-consumidores pertencia, no mínimo, à classe C. No primeiro semestre de 2011, esse número subiu para 46,5%, o que representa cerca de cinco milhões de novos consumidores. Apesar de consumirem com menor frequência e mesmo tendo menor renda, o tíquete médio destes consumidores no primeiro semestre deste ano foi de R$ 320, contra R$ 355 do total de compradores da internet.

Baixa renda

Analisando apenas as pessoas de baixa renda que fizeram a primeira compra neste período, o valor médio de compra é de R$ 340, enquanto que em 2009 os consumidores desta classe social gastaram uma média de R$ 330 por compra. As mulheres representam 55% dos novos consumidores da classe C. No que diz respeito à idade, 24% dos que fizeram a primeira compra possuíam entre 35 e 49 anos. De acordo com a pesquisa, cerca de 22% dos consumidores possuíam superior completo e 78% não possuíam graduação. Nas regiões, o Sudeste têm 64% dos novos e-consumidores de baixa renda, seguido das regiões Nordeste e Sul, com 14% e 12%, respectivamente.

Veja também

    PesquisaNoticias

    Vendas de eletrodomésticos típicos de frio estão em alta

    Veja mais
    Noticias

    Entidades empresariais cobram agilidade da União para a liberação de recursos a...

    Veja mais
    Noticias

    Transforme talento em marca de sucesso

    Veja mais
    Noticias

    Campanha de incentivo ao comércio local para reerguer Porto Alegre tem apoio do S...

    Veja mais