E-commerce: Brasil se mantém no topo do ranking mundial de compras online

SÃO PAULO – Brasil se mantém no topo do ranking do consumo digital mundial. Dos internautas brasileiros, 96% já compraram algum produto pela internet. Enquanto isso, a média mundial é de 90%. Os dados…

SÃO PAULO – Brasil se mantém no topo do ranking do consumo digital mundial. Dos internautas brasileiros, 96% já compraram algum produto pela internet. Enquanto isso, a média mundial é de 90%. Os dados são do 2º Estudo Global do Neoconsumidor, da GS&MD – Gouvêa de Souza, divulgado nesta quinta-feira (18).

No último levantamento, realizado em 2009, o Brasil já figurava o primeiro lugar no ranking, já que 92% dos internautas brasileiros já haviam feito compras pela internet, enquanto a média dos demais países era de 88%.

O hábito de adquirir produtos por meio do e-commerce é crescente entre os brasileiros e, segundo o estudo, os consumidores estão mais confiantes e dispostos a adquirir produtos no comércio eletrônico. Em 2009, 64% dos internautas brasileiros consideravam a internet um ótimo ambiente de compras; neste ano, o número chegou a 71%. “Aos poucos, os internautas mais céticos estão vencendo as barreiras e preconceitos e experimentando o consumo online”, afirma o coordenador do estudo, Luiz Goes.

Offline

Dos brasileiros que ainda são resistentes às compras pela internet, 59% afirmam que não compram no e-commerce, pois preferem tocar o produto antes da aquisição. Em seguida, com 48%, aparecem os consumidores que têm receio de fornecer informações bancárias na rede.

Muitos consumidores valorizam o contato pessoal com o vendedor. No levantamento, 37% dos brasileiros entrevistados possuem essa opinião. Enquanto isso, 41% evitam passar informações pessoais e 41% têm medo de não receber o produto após o pagamento. “De 2009 para cá, caíram significativamente os índices referentes às razões para não comprar online”, explica Goes.

Metodologia

O estudo entrevistou 700 internautas durante o mês de junho de 2011, em cada país. Foram escolhidos 15 países, são eles: Alemanha, Austrália, Brasil, Canadá, Chile, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, México, Portugal, Reino Unido, Romênia e Turquia.

Veja também

    Noticias

    Associados do Sindilojas POA tem opção de consultoria gratuita para retomada dos...

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Funcionamento das lojas após as enchentes é objeto de pesquisa do Sindilojas POA

    Veja mais
    Noticias

    Pronampe: 30 bi e carência de 2 anos para empreendedores do RS

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Governo do RS atualiza lista com municípios em estado de calamidade e postergaç...

    Veja mais