Eleições na Fiergs

O segundo turno das eleições presidenciais aumentou, em um mês, a angústia dos industriais gaúchos que pensam em disputar a presidência da Federação das Industrias. Acreditava-se que o processo eleitoral…

O segundo turno das eleições presidenciais aumentou, em um mês, a angústia dos industriais gaúchos que pensam em disputar a presidência da Federação das Industrias. Acreditava-se que o processo eleitoral seria deflagrado logo após ser conhecido o futuro presidente da República. As eleições da Fiergs serão em maio de 2011, mas há, pelo menos, cinco candidatos prospectando a possibilidade de conquistar os votos dos presidentes dos mais de 100 sindicatos com direito a voto. Embora faltem ainda mais de sete meses para a eleição e o processo sucessório não tenha sido disparado oficialmente, a campanha está no ar.
O fato novo fica por conta de Heitor Müller, que ingressou na campanha recentemente, apresentando-se como candidato da situação e buscando adesões de forma clara. Há quase um ano, dois outros nomes – Gilberto Petry e Astor Schmitt – prospectam as bases. Outros nomes citados são os de Ricardo Felizzola e Humberto Busnello, com quem conversei longamento no último fim de semana. Pela movimentação nos bastidores, pode haver uma disputa aberta entre diferentes propostas, o que nas disputas anteriores foi evitado. Na ausência de um nome de consenso, o voto pode ser uma boa forma de ampliar a participação das bases, de modo democrático, aberto, transparente.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais