Em agosto, é menor o número de endividados no Estado

O percentual de famílias gaúchas com dívidas ficou em 70% em agosto, sete pontos percentuais abaixo do mês de julho/11 e em nível semelhante ao mesmo período do ano passado. A conclusão é da Pesquisa de…

O percentual de famílias gaúchas com dívidas ficou em 70% em agosto, sete pontos percentuais abaixo do mês de julho/11 e em nível semelhante ao mesmo período do ano passado. A conclusão é da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor gaúcho (PEIC-RS), calculada pela Confederação Nacional do Comércio (CNC) e divulgada nesta quinta-feira (24/8) pela Fecomércio-RS.

Para o presidente do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac, Zildo De Marchi, o patamar de endividamento observado é consequência da forte expansão de consumo ocorrida ao longo de 2010 e no primeiro semestre de 2011. “Todavia, a desaceleração recente da economia tem colaborado para estabilidade da parcela de famílias endividadas em relação aos mesmos períodos do ano passado”.

A redução do percentual de famílias endividadas em relação a julho de 2011 ocorreu para ambas as faixas de renda analisadas. Nas famílias com renda de até 10 salários mínimos, a parcela de endividadas passou de 75% em jul/11 para 69% em ago/11, enquanto, nas famílias com renda superior a 10 salários mínimos a parcela de endividadas reduziu-se de 86% para 72%.

Os principais tipos de dívida são: cartão de crédito (77,0%), carnês (46,7%) e cheque especial (27,5%). Apesar da redução do percentual de famílias endividadas em relação a julho, a parcela de famílias que se declara muito endividada aumentou de 12,7% (jul/11) para 13,3% (ago/11).

Para ter acesso a todos os dados da PEIC-RS de agosto o endereço é www.agencia.fecomercio-rs.org.br/pesquisa.

Veja também

    NoticiasMarketing

    NRF 2024 vista por dentro

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Encerrada a etapa das 4 edições do Talks pré 11ª FBV

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas Porto Alegre recebe prêmio da Confederação Nacional do Comércio (CNC)

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Funcionamento do comércio no feriado de Tiradentes: saiba como será

    Veja mais